Rita Pereira usou este domingo as suas redes sociais para fazer aos seguidores uma partilha inédita onde confessa ter sido alvo de assédio sexual por parte de homens entre os 13 e os 21 anos. A atriz fala de abordagens na rua que a fizeram sentir-se desconfortável e que hoje considera abusadoras.

"Entre os meus 13 e 21 anos passei por situações destas dezenas de vezes. Ria-me e pedia-lhes que se afastassem, que me deixassem em paz. Eu própria fugia da situação", começa por contar, tendo como ponto de partida um vídeo que denuncia situação com as a que a atriz portuguesa se refere.

"Achava que era normal homens abordarem-me, agarrarem-me no braço para perguntarem o meu nome, encostarem-se a mim no meio da rua. Era inocente, não queria chamar a atenção, não queria envergonhar ninguém. Estava errada. Temos que os envergonhar, temos de fazer queixa, temos de pedir ajuda a alguém que esteja perto, temos até de gritar se nos tocarem ou tentarem abraçar ou beijar", continua, sem medo de tornar pública a sua experiência pessoal.

O grande objetivo do rosto da TVI é aconselhar jovens mulheres a que não fiquem caladas ao sofrerem este género de abusos: "Miúdas, não tenham vergonha de afastar alguém que vocês não conhecem e vos esteja a incomodar. Não pensem que é normal um homem abordar-vos na rua sem autorização. ‘Ah mas eu não fui mal educado; ah mas eu achava que ela queria; ah mas eu só lhe queria dizer que é bonita’. Nãooooo!!! Não queremos".

Rita deixa ainda um grito de revolta. "Revolta-me imaginar uma filha, uma irmã, a ter de passar pelas situações abusadoras que passei. Revolta-me tanto. Olhando para trás, agora com a consciência que tenho, é tão revoltante saber que esses homens se safaram e continuaram a fazer o mesmo a mais miúdas", atira.

A esta sua partilha, a atriz juntou as muitas mensagens que recebeu de adolescentes e jovens adultas que sofreram ou sofrem assédio sexual pela forma como se vestem ou simplesmente por serem mulheres.

"Se um homem andar de manga cava e calções é porque está calor. Se uma mulher usar a mesma roupa haverá a possibilidade de dizerem que está a provocar", lamenta ainda a atriz perante uma das mensagens que recebeu, onde a sua seguidora se queixa de a culparem a ela e à roupa que usa do assédio de que foi alvo na rua.

Leia Também: Após chuva de críticas, Cristina explica por que escolheu ir para o Dubai

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.