Seguida por 1,5 milhões de pessoas na sua página de Instagram, Rita Pereira falou à comunidade de internautas para alertar para a importância de cumprir com rigor o confinamento domiciliário, sem dar prioridade às exceções que permitem a circulação e o convívio.

"São 16h, está sol lá fora, tenho de ir às compras, tenho de ir deixar uma encomenda aos correios, tenho uma roupa para levar à costureira, mas tudo isto, neste momento, não são prioridades. Poderia arranjar desculpas para o serem, mas quando olho para as notícias, não são. Prioridade é ficar em casa e fazer de tudo para não apanhar covid", afirmou.

A atriz confessou que de nada lhe "vale" ter sucesso se a sua influência não for aplicada em situações como a que o país enfrenta.

"De que vale eu ter sido capa da Forbes se não conseguir convencer uma pessoa a ficar em casa?! De que vale ter 1 milhão de visualizações num vídeo se não conseguir convencer quatro amigos a não irem jantar juntos hoje?! De que vale ser adorada por tanta gente se, no fim do dia, eu não consegui 'salvar' ninguém? Eu quero ajudar, eu quero contribuir, eu quero dar a mão a todos os profissionais de saúde que estão há meses sem poder ter este tempinho, deitados ao lado dos filhos às 16h, em suas casas, calmos e serenos. Aqui fica o meu contributo. Eu estou em casa e gostava mesmo muito que vocês fizessem o mesmo", rematou.

As palavras de Rita Pereira aparecem na legenda de uma fotografia em que surge num momento de mimo com o filho, Lonô, de dois anos.

Leia Também: "Só de pensar na quantidade de ambulâncias à porta dos hospitais..."

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.