Esta quinta-feira, dia 8 de março, comemora-se o Dia da Mulher por todo o mundo. Esta é uma data relembrada um pouco por todo o lado, contudo, Cristina Ferreira confessou que não a celebra e explicou porquê numa publicação no seu blogue, ‘Daily Cristina’.

“Não sou nada de celebrar o Dia da Mulher. Nunca fui. Não lhe vejo necessidade nenhuma, não junto amigas, não faço jantaradas nem preciso de flores. Não preciso que me atribuam um dia”, começa por referir.

“Desde menina que ser mulher é normal, natural, não especial. Talvez porque sempre senti igualdade entre pai e mãe. Não cresci com a ideia de que, por ser mulher, teria mais dificuldades. A vida é de quem a agarra, de quem corre atrás das oportunidades. Sem precisar de calças para chegar ao topo. Nunca tive medo. Nunca pensei que não conseguiria. Provei”, continua.

A apresentadora sublinha que apesar de ter passado por alguma dificuldades, nunca deixou que nenhuma delas a impedissem de progredir: “Tentaram travar? Tentaram. Tentaram inferiorizar? Tentaram. Tentaram dizer que era uma cara bonita? Tentaram. E eu, segui em frente, de cabeça erguida. Hoje faço a festa é comigo. Porque já não é preciso queimar soutiens para fazer o caminho. Às vezes, nem uso soutien. Depende do vestido”, completa.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.