Foi na manhã desta quarta-feira que Cristina Ferreira ficou surpreendida e emocionada com a história do telespectador que recebeu o prémio do ‘O Programa da Cristina’. "O dinheiro vai ser para pagar o funeral da minha mulher e à farmácia", confessou Fernando à apresentadora durante a chamada telefónica.

Palavras que não passaram despercebidas a Cristina e, por isso, fez questão de convidar o telespectador para visitar a sua casa, nos estúdios de Carnaxide.

Como prometido, Fernando esteve esta quinta-feira, dia 16 de maio, no programa onde recordou a mulher, Aida, com quem esteve casado durante mais de 40 anos, e a longa batalha que esta enfrentou contra o cancro.

“Obrigado por me receber. Não imaginava que estas coisas fossem assim. Que houvesse ainda um pouco de solidariedade para com as pessoas. Já começa a ser escasso, cada um anda na sua vida… Ainda bem que aconteceu”, começou por dizer Fernando, que nunca imaginou ganhar o prémio.

Sobre a mulher, o telespectador afirmou que esta “foi uma companheira de luta”, recordando alguns dos momentos que partilharam durante os anos em que estiveram casados.

Em 2012 a sua vida mudou, quando a mulher foi diagnosticada com a doença. Um processo longo que contou com, aparentemente, melhorias, mas que em 2017 voltou a deitar por terra todas as esperanças de vencer.

Em outubro recebeu a notícia da médica que a mulher muito provavelmente não iria viver até ao Natal, e foi o que aconteceu. No dia 20 de dezembro despediu-se da companheira de largos anos.

Apesar de estar consciente do facto de esta ser uma doença difícil de ultrapassar, Fernando ficou desolado com a perda da mulher. Em conversa com a apresentadora, confessou que foi Cristina quem o fez “sair de casa”. “Tenho dias quem nem da cama saio para comer”, desabafou.

“Agora já estou a tentar superar a coisa. Ainda aqui há uns dias vi a Cristina a fazer um salada de atum com grão e já fiz igual”, partilhou, admitindo que “já começou a alimentar-se melhor e a recuperar o ânimo”.

Para si, a chamada que recebeu de Cristina com a notícia a dizer que tinha sido o vencedor do passatempo foi “uma bênção”. “A partir de ontem ganhei um fôlego, a fogueirinha começou a acender. Ganhei um novo fôlego e estou a ver se consigo retomar à normalidade da vida. O que não é fácil”, acrescentou.

De seguida, recordou de novo o funeral da mulher: “Quando fiz o funeral à minha mulher estava descapitalizado porque gastava centenas de euros por mês em medicamentos. Aqueles medicamentos para o pâncreas são extremamente caros. Além de serem comparticipados, são caros e são de capacidade muito reduzida. Para quem toma 38, 40 comprimidos por dia isto é obra. […] Fiquei limpinho [sem dinheiro]”.

Foi com a ajuda de um primo que conseguiu pagar o funeral, por isso está agora está em dívida com o familiar. “Agora já posso liquidar aquela divida àquele familiar. Depois as aves e os animais também se alimentam das migalhas que há no chão e eu hei-de-me alimentar de umas migalhinhas quando aparecer”, continuou.

Além de afirmar que a partir de agora iria ligar para o telespectador e manter o contacto, Cristina Ferreira surpreendeu o seguidor do seu programa com um grande gesto. Em parceria com a Medicare, o funeral da mulher será pago, assim como as restantes despesas que tinha em dívida.

Este foi um momento comovente que deixou a apresentadora em lágrimas. “Vocês pagaram-lhe a última viagem. É uma satisfação para mim ainda ter a oportunidade de provar a generosidade de certas pessoas que existem. O que é uma coisa que já vai escasseando”, salientou Fernando.

Após ouvir atentamente a história do telespectador, a apresentadora partilhou: “Pensei a noite inteira a tentar imaginar como é que era o Sr. Fernando e deixe-me dizer-lhe uma coisa: é ainda melhor do que eu tinha imaginado”.

Veja este momento aqui.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.