Um conteúdo do programa que apresenta pela manhã, 'Dois às 10', fez Cláudio Ramos lembrar o sentimento de culpa que lhe aperta o coração por estar há um mês sem ver a sua única filha: a jovem Leonor.

"Faz hoje um mês que não estou fisicamente com a minha filha. Um mês entre um profundo mergulho no trabalho e um responsável confinamento", começa por declarar o apresentador.

Leonor, recorde-se, vive no Alentejo com a mãe. Local onde, antes da pandemia, Cláudio Ramos passava grande parte do seu tempo livre.

"Hoje, no programa, falámos da culpa e de saudade. Do medo e da culpa que se sente por se ser um veículo de transmissão deste maldito vírus. Junto-me a esta culpa. Tenho um profundo sentimento de culpa quando me dou conta que entre trabalho e vírus a minha filha de 16 anos não esteve com o pai uma única vez", lamenta.

Às suas emotivas palavras, o apresentador juntou uma fotografia de uma das molduras que tem em sua casa com uma imagem sua e de Leonor.

"Não serei único, nem caso raro. Mas custa! Às vezes custa ser crescido e ter a certeza de que o caminho não nos trará arrependimento. É muito nisso que tenho pensado. Nisso e nas saudades dos nossos lanches e passeios", termina.

Leia Também: Portuguesa Sara Sampaio é o rosto do novo perfume da Michael Kors

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.