Joana Machado Madeira usou a sua página de Facebook esta terça-feira, dia 31, para descrever uma situação mais complicada por que passou mas que felizmente acabou em bem.

“Ontem, por volta da meia noite, tocaram à campainha de minha casa. Era um rapaz com os seus 20 e poucos a pedir para ir à rua com urgência. Fiquei assustada. Normalmente não é para te dar nada que te tocam a esta hora à campainha, mas como ele podia estar a precisar de ajuda, saí de casa com pijama vestido enquanto ligava para a esquadra mais próxima”, começa por descrever.

“Ao sair deparo-me com o meu Jeep todo esbardalhado. Foi o rapaz que o esbardalhou com auxílio da sua viatura. Pediu então desculpa e explicou que se tinha distraído com o telemóvel. Preocupei-me com ele tal era o aparato que para ali ia. Estava bem o moço. Mas muito preocupado com o sucedido”, adianta.

“Resolvemos o assunto e no fim agradeci-lhe. É bom ver que um jovem, um miúdo, que podia perfeitamente ter fugido para casa, ou até mesmo abandonado o país a enfrentar um problema com responsabilidade e honestidade. Afinal ainda há esperança. E companhias de seguro, felizmente”, completa.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.