O cantor romântico Alejandro Sanz terá de pagar uma indemnização milionária a Rosa Lagarrigue, uma antiga empresária, noticia o El País.

A ex-funcionária do artista acusou-o de incomprimento de contrato. Isto porque Rosa trabalhou para o cantor durante 25 anos e em 2014 renovou contrato por mais cinco, mas o cantor rompeu com o acordo em 2016.

A sentença saiu no passado dia 9 de setembro, mas apenas foi tornada pública esta segunda-feira, e dita que Sanz terá de pagar um valor de 5,4 milhões de euros.

Leia Também: "Na TVI não há nenhuma proibição de nós irmos onde quer que seja"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.