A catedral de Notre-Dame de Paris, em França, recebe, amanhã ao fim do dia, uma missa especial. Dois meses e um dia depois do incêndio que destruiu parte do telhado do monumento, um grupo restrito, que não deverá ultrapassar as duas dezenas e que obrigará os presentes a usar um capacete de segurança, terá acesso a uma das capelas, onde decorrerá a cerimónia religiosa, que será transmitida por um canal de televisão.

Presidida pelo arcebispo de Paris, Michel Aupetit, esta missa privada foi a forma que as entidades religiosas locais encontraram para celebrar a fête de la Dédicace, a festa que comemora a consagração do altar do monumento, uma espécie de aniversário que se celebra a 16 de junho. Este ano, devido às obras de recuperação do telhado, danificado pelo incêndio que pode recordar de seguida, as celebrações são apenas simbólicas.

Esta missa especial realiza-se numa altura em que a radio francesa France Info acaba de anunciar que, dos cerca de 850 milhões de euros prometidos por diversas empresas e beneméritos após o incêndio, apenas 9%, pouco mais de 80 milhões de euros, foram efetivamente entregues. Entretanto, nas últimas semanas, foram também apresentados vários projetos de recuperação do teto da catedral, alguns deles muito curiosos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.