«Os convidados não devem insistir em ajudar a dona da casa», adverte. Isabel de Brito e Cunha foi assessora, entre outros, do chefe de Protocolo do Estado da Expo 98 e de Juan Antonio Samaranch, presidente do Comité Olímpico Internacional durante um congresso em Lisboa. É também autora do livro «Saber Ser, Saber Estar e Saber Viver». A especialista em etiqueta conversou com a Saber Viver, partilhando algumas das regras básicas na arte da convivência. Veja também a galeria de imagens que ensina a pôr a mesa perfeita.

Quando e como se devem fazer os convites?

Tudo depende da formalidade do evento. Se for apenas uma reunião de amigos íntimos, informal, o convite pode ser feito pelo telefone, até três a quatro dias. Caso se trate de um jantar mais formal, poderá ser um convite impresso e já teria de ser feito com pelo menos 15 dias. Nos convites impressos, se a anfitriã  é casada será o nome do marido a aparecer primeiro.

Mas, se se tratar de um jantar de negócios e for a dona da casa a mais interessada, passa ela a ser cabeça de casal e o nome surge primeiro. Há, ainda, a possibilidade de fazer o convite pelo telefone e depois enviar um convite impresso, riscando o R.S.F.F. e pondo P.M. (do francês Pour Mémoire), uma vez que a resposta já foi dada ao telefone.

Como deve ser feita a escolha dos convidados?

Devem procurar-se os amigos que gostaria de ter presentes e outros, diferentes, para não serem sempre os mesmos e a monotonia não pairar. Mas tem de haver um mínimo de pontos de afinidade entre todos. Ao receber, o acolhimento é muito importante. Mas também depende do grau de formalidade com que vai receber.

Há regras para a roupa escolhida para um jantar?

É uma falta de delicadeza apresentar-se com a roupa com que estava desde manhã. Há um mínimo de toilette que tem de se fazer. Os homens devem apresentar-se de gravata, a menos que seja verão, quando o normal é optar-se por um estilo casual chic. Se for uma toilette mais elaborada, tem de ser o anfitrião a explicar o tipo de toillete. Fato curto, smoking, fato escuro… E é importante que a anfitriã nunca esteja mais arranjada do que os convidados…

Os convidados devem levar algum tipo de lembrança?

Começa a ser hábito. Mas, atenção, se forem flores, não se deve levar um ramo porque  é natural que as flores já estejam postas. Leve apenas uma flor, uns chocolates, um bom vinho ou, se for na altura do Natal, algo que tenha a ver com a quadra.

E é suposto levar sempre alguma coisa?

Se é a primeira vez que se visita a casa, sim. Mas isso não retira o agradecimento depois. No dia seguinte, ou dentro de três dias no máximo, deve ligar a agradecer a refeição. Se o anfitrião recebe uma lembrança, deve sempre abri-la na altura, à frente das restantes pessoas.

Quando é que devem chegar os convidados?

Nunca devem chegar antes da hora marcada. Um bocadinho depois, com o máximo de um quarto de hora de atraso. Se for mais que isso, terão de telefonar a dizer que estão atrasados, já que não devem fazer esperar os outros convidados e a dona da casa. Quando chegam, deve estar tudo pronto na mesa da cozinha, com as travessas e os talheres ao lado.

A dona da casa abre a porta, serve um aperitivo, apresenta os convidados que não se conhecem ou diz para se irem apresentando. Pede licença à pessoa mais importante, menos conhecida, para ser apresentada à outra e introduz logo os pontos em comum que possam ter.

Veja na página seguinte: A hierarquia que deve seguir à mesa

E os convidados podem ajudar a dona da casa?

Atualmente, há um bocadinho a mania de os convidados quererem ajudar… O convidado pode oferecer-se mas não deve insistir. Eu, por exemplo, detesto que me venham ajudar. Pode vir uma amiga mais chegada, com quem faço menos cerimónia, mas todos não.  Até porque se todos se levantam e vai toda a gente para a cozinha, fica a mesa vazia ou com uma ou duas pessoas, o que é muito feio.

E qual é a hierarquia à mesa?

No dia a dia, os pais devem mostrar aos filhos que há uma hierarquia. A filha mais velha ficará à direita do pai e o filho mais velho à direita da mãe. Se houver convidados, o filho dará o lugar ao amigo mais velho e a filha à amiga mais velha ou a quem venha jantar. Tradicionalmente, o convidado principal senta-se à direita da dona da casa e a convidada de maior importância à direita do anfitrião.

Se estiverem presentes dois casais com a mesma categoria profissional e o mesmo grau de amizade com os donos da casa, o melhor será dividir e pôr o marido de um dos casais à direita da dona da casa e a mulher do outro casal à direita do dono da casa, que preside à mesa.

As crianças comem ao mesmo tempo que os adultos?

Se for um jantar íntimo com certeza! Se for um jantar especial, as crianças devem comer antes.

Como deve ser posta a mesa de Natal?

Para a mesa de Natal arranjamos um centro de Natal que fica na mesa, com toalha ou sem ela, durante toda a quadra. A partir desta base é posta a mesa, muito direitinha, sempre dependendo do serviço e dos talheres que tiver.

Texto: Susana Torrão

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.