Ama-te! Ou aprende a amar-te!Há sempre tempo. Estás sempre a tempo. Nunca é tarde demais. Qualquer dia ou momento é bom para começar a amar a pessoa mais importante da tua vida - Tu!

Amares-te implica parares de te esconder e parares de ocultar dos outros e de ti próprio, quem tu realmente és.

Pessoas que se amam partilham os seus sentimentos com facilidade, assumindo todos os contornos e aspectos da expressão do seu ser.

Pessoas que se amam assumem os seus próprios erros.
Pessoas que se amam assumem a direção da sua vida, bem como as decisões que necessitam de tomar a cada momento.

Pessoas que se amam não necessitam de provar nada a ninguém nem de justificar o que fazem ou dizem.

Pessoas que se amam possuem uma forte e saudável autoestima e não estão sujeitas às opiniões dos outros acerca da sua pessoa.

Pessoas que se amam não aceitam ser mal tratadas, nem cedem à pressão social.

Pessoas que se amam fazem o que sentem ser certo para si e não o que a sociedade espera delas.

Pessoas que se amam aceitam e usufruem do amor dos outros.

Pessoas que se amam não duvidam do amor com que são abençoadas, e também não se pré-ocupam com o facto de esse amor poder terminar, pois sabem que o amor está sempre presente no seu próprio coração.

Pessoas que se amam não sofrem de ressentimento, de não-merecimento, de mágoa, ou de qualquer sentimento mesquinho.

Pessoas que se amam não têm medo de se magoar. Não têm medo de amar. Elas irão amar sempre, uma e outra vez. Elas não fugirão do amor. Elas irão sempre ao seu encontro.

Eva Veigas
Numeróloga Transpessoal
evaveigas@sapo.pt
http://evaeleven.blogs.sapo.pt

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.