O calendário chinês difere do nosso porque é regido pelos ciclos da Lua. O novo ano começa sempre na segunda Lua Nova do ano, e por isso a data pode variar entre 20 de janeiro e 18 de fevereiro. Este ano as festividades serão diferentes, face à permanência da pandemia, mas para os Chineses esta é sempre a altura mais importante do ano. Por serem muito supersticiosos, acreditam que a energia com que o novo ano começa determina aquilo que será predominante ao longo dos 12 meses seguintes.

O Horóscopo chinês também se distingue do nosso porque, apesar de ser composto por doze signos, cada signo vigora durante um ano inteiro. Os signos têm nomes de animais, de acordo com uma lenda que diz que estes foram escolhidos por Buda, e também de acordo com as semelhanças entre as caraterísticas desse animal e a energia do signo que lhe corresponde. São precisos 12 anos para que todo o Horóscopo Chinês seja percorrido.

Para além de cada ano ser regido por um animal, também os Elementos determinam a energia do ano. Para os Chineses existem cinco Elementos - Terra, Água, Fogo, Madeira e Metal. Os chineses distinguem, também, a diferença entre a energia Yin - feminina, recetiva - e a energia Yang - masculina, ativa.

A combinação entre o animal, o Elemento e a polaridade Yin/ Yang que estão em destaque traduzem as tendências gerais para o ano.

2021 será, no Horóscopo Chinês, o ano do Boi de Metal com uma energia Yin.

A sua energia destaca-se por ser robusta e focada na construção, mas é uma energia "pesada" e que apresenta obstáculos que exigem esforço, método e disciplina.

Assim como o Boi é um animal que não gosta de mudanças, mas que investe com força e obstinação, também este ano pode fazer-nos ter de lidar com circunstâncias que parecem não avançar. Pode ser, ainda assim, um ano de recompensas, desde que saibamos superar os obstáculos com tenacidade e persistência.

A lealdade, a dedicação à família, aos outros e aos laços afetivos são boas ajudas neste período, já que o Boi é um animal que valoriza estes princípios, encontrando neles a força de que precisa para enfrentar os desafios da vida com coragem.

A paciência, a ponderação e a calma serão necessárias, assim como a honestidade e a franqueza.

O Boi é um animal associado à construção, à estabilidade, à edificação de algo sólido. Este é o único signo do Horóscopo Chinês que no Zodíaco Ocidental está associado ao mesmo animal - o Touro. Partilham caraterísticas idênticas, pois ambos definem um signo movido pela determinação, pela conquista árdua e pelo apego ao que é seu.

O Boi de Metal destaca a importância de manter o foco, a disciplina e o empenho, já que não é um ano em que as situações se resolvam facilmente.

O Elemento Metal está diretamente associado ao dinheiro e, como tal, estão em destaque as questões relacionadas com a segurança económica, a conquista de estabilidade, a capacidade de sobreviver face às circunstâncias que, como sabemos, serão desafiantes. É uma energia que pode trazer alguma impulsividade, já que o Metal pode representar imprevistos e flutuações a nível financeiro, estando também associado à ambição que, se não for devidamente ponderada, pode fazer correr riscos. O Metal também destaca a resistência e a durabilidade.

O facto de estar em destaque a energia Yin apela às qualidades femininas, que existem quer nas mulheres, quer nos homens, quer na sociedade como um todo. Mediante esta influência, o caminho para encontrar soluções e lidar com as circunstâncias passa, neste ano, por ouvir a intuição e por fazer bom uso da sensibilidade, estando atento ao que se passa à nossa volta e valorizando os cuidados com os outros.

O que podemos esperar do ano de Boi de Metal Yin?

Haverá obstáculos e desafios, já que a energia do ano nos obriga a desenvolver a persistência e a determinação. Somos confrontados com dificuldades às quais só podemos responder se estivermos focados nas nossas metas, sem desanimarmos perante a lentidão dos desenvolvimentos e a dificuldade em alcançar os resultados que esperamos.

A união familiar, o fortalecimento de laços afetivos e a importância das sociedades estabelecidas estão em destaque e ajudam a fazer face às contrariedades da vida.

Encontramos no contacto com as coisas mais simples da vida a melhor maneira de seguir em frente, passo a passo. O progresso é lento, mas tudo aquilo que é construído agora tem boas perspetivas de vir a tornar-se sólido no futuro.

Financeiramente estão desaconselhados os riscos. É tempo de jogar pelo seguro, de poupar, de privilegiar o conforto e a estabilidade.

O Boi de Metal Yin aconselha a definir com cuidado a estratégia que seguimos, em qualquer área da nossa vida. As ações são mais lentas e devem ser ponderadas.

É um ano que pode trazer prosperidade e bons resultados, mas que exige um esforço árduo, constante e bem planeado. A consistência e a persistência são determinantes para o sucesso, assim como ter metas realistas.

A energia do Boi (assim como acontece, no Zodíaco Ocidental, com o signo Touro), é bastante prática e terra-a-terra. Ela convida-nos a manter os pés bem assentes no chão, avaliando as situações com rigor e realismo. Não é um bom ano para conquistas arrojadas nem para avançar para a realização de sonhos que não estejam bem fundamentados.

Afetivamente podem estar em destaque lutas causadas por questões de poder e autoridade. Será difícil romper com as tradições e com tudo aquilo que está firmemente estabelecido, mas é um ano favorável à introspeção e ao trabalho interior profundo, que antecede as grandes mudanças.

Por outro lado, a dedicação aos outros está favorecida e ajudará a conquistar situações de maior estabilidade emocional. Há maior tendência para a preservação de laços, embora haja o risco de separações causadas por questões de autoritarismo e teimosia. A lealdade é uma das caraterísticas mais destacadas pelo Boi, e haverá um notável fortalecimento de laços, tanto a nível familiar como nas amizades que se provam perante as adversidades. Algumas amizades podem, até, fortalecer-se a ponto de evoluírem para um relacionamento amoroso. A preocupação com as crianças e com a sua educação será também constante.

A nível de saúde, o Ano do Boi de Metal aponta para a fragilidade ao nível do sistema respiratório, o que, tendo em conta a pandemia com que temos de lidar, reforça a importância de ter cuidados redobrados a este nível. O risco de cortes com objetos de Metal também é acentuado e, uma vez que a energia do Boi é bastante focada no trabalho árduo, é também importante saber conciliar o trabalho com o lazer, pois há maior risco de sofrer de exaustão. O contacto com a Natureza será, sempre, um bálsamo revigorante, aconselhado tanto quanto for possível pôr em prática.

Neste ano, estão mais favorecidos os nativos dos signos chineses Boi, Serpente e Galo, sendo um ano mais tenso para os nativos do signo Cabra.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.