"Os dados que nós temos, da globalidade dos serviços, aponta genericamente para [uma adesão à greve] entre os 70 a 80%", disse aos jornalistas Paulo Anacleto, dirigente do SEP.

O responsável sindical especificou a adesão no turno da manhã no Instituto Português de Oncologia (IPO) de Coimbra, que cifrou entre 75% a 80% e no edifício central dos Hospitais da Universidade de Coimbra, cuja adesão à greve dos enfermeiros, na manhã do primeiro de dois dias de paralisação, terá atingido 70 a 75%, embora não estejam ainda contabilizados todos os serviços.

Questionado sobre que cuidados de saúde estão a ser mais afetados, Paulo Anacleto frisou que a paralisação atinge a "globalidade" dos serviços.

"Não se pode dizer que é aquele ou aquele outro, tendo em consideração que há enfermeiros em todos os serviços e, portanto, os enfermeiros fizeram greve transversalmente em todos os serviços", afirmou.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.