De acordo com fonte municipal, o grupo de 42 fogos é resultado da primeira empreitada de qualificação de apartamentos, que representa um investimento da Câmara Municipal de Aveiro de cerca de 350 mil euros, com intervenções ao nível dos revestimentos das paredes, tetos e pavimentos, janelas e portas, redes de esgotos e eletricidade e rede de distribuição de água, conferindo condições de habitabilidade a fogos que se encontravam degradados.

Mulher dá à luz em corredor de hospital e fotógrafa capta o momento
Mulher dá à luz em corredor de hospital e fotógrafa capta o momento
Ver artigo

“Na gestão da Câmara de Aveiro, a área da Habitação Social é uma prioridade política importante, que assumimos com uma abordagem total e integrada nas suas várias dimensões, prosseguindo com o trabalho iniciado no mandato anterior”, salienta uma nota informativa municipal.

Segundo o texto, ascende a quatro milhões de euros o valor atual total em obras em curso e adjudicadas e está a ser feito diariamente o acompanhamento técnico dos inquilinos do Município, com ações e programas para aumentar o seu nível de integração social e de qualidade de vida”.

No total encontram-se já qualificadas 56 habitações sociais, estão em curso obras de qualificação em mais 18 fogos e “a curto prazo” vão ser lançados os procedimentos para a requalificação de mais 41 habitações.

São abrangidos fogos do município nas urbanizações de Santiago, Caião, Cacia, Taboeira, Mataduços, Eirol, São Jacinto e Cova do Ouro.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.