Os defensores deste método acreditam que ensinar a fazer sinais ou expressar-se através de gestos com as mãos ajuda o bebé a comunicar com os pais antes de ter a capacidade de formar palavras, podendo assim reduzir a frustração para o bebé e para os pais. Alguns instrutores de língua gestual afirmam que os bebés que conseguem comunicar desde muito pequenos com os pais são motivados para falar mais e mais cedo. Segundo eles, a língua gestual pode até estimular o vocabulário e, por fim, as capacidades de leitura. A maior parte dos programas de língua gestual recomendam que a aprendizagem comece os 7 e os 12 meses de idade.

No entanto, se não lhe interessar passar o tempo (ou gastar dinheiro em livros, “flash cards” ou aulas) para aprender a ensinar a língua gestual, o bebé não ficará em desvantagem. Gerações de bebés dominaram a arte de falar sem nunca terem aprendido a língua gestual. Efectivamente, alguns especialistas acreditam que a maior parte dos bebés inventa sozinho uma “linguagem gestual” para veicular as primeiras palavras, através dos seus gestos naturais, por exemplo, para beber leite (estalar os lábios) ou para pedir colo (erguer os braços). Se falar com o bebé, lhe responder e passar tempo com ele, estará a facilitar o normal desenvolvimento da linguagem.

Recomendamos que veja também:

O seu bebé tem 8 meses, Segunda semana
O bebé já percebe a palavra “não”?
Com que frequencia devo dar banho ao bebé
Proteger o bebé do Sol
Miliária ou borbulhas do calor
Chupetas
O que posso fazer se a privação de sono estiver a afectar a nossa relação

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.