Numa entrevista recente, Paris Jackson falou sobre a sua vida particular recordando o momento em que o pai, Michael Jackson, descobriu que ela era "gay", ainda numa fase muito recente da sua vida. "O meu pai apanhou-me muito rápido", notou na série do Facebook 'Unfiltered: Paris Jackson & Gabriel Glenn.'

Na altura - tinha a jovem oito anos - o rei da pop mostrou-se bastante compreensivo, algo que ainda hoje recorda com grande carinho.

Embora se descreva como sendo "homossexual", Paris defendeu que a descrição que se faz da sua vida pessoal não é a correta. Até porque neste momento encontra-se num relacionamento com um rapaz, Gabriel Glenn.

"Digo que sou gay, porque acho que sou. Não me consideraria bissexual porque já namorei mais do que propriamente com homens e mulheres", explicou.

"Namorei com um homem que tinha uma vagina. Por isso, não tem nada a ver com aquilo que tens entre as pernas. Não tem nada a ver com o teu cromossoma XY... é literalmente a pessoa que és", realçou.

Anteriormente, nas redes sociais, Paris já tinha abordado o tema afirmando que não gostava de colocar rótulos nela mesma, pelo que pedia para que os seguidores não o fizessem.

Leia Também: Paris Jackson partilha retratos únicos do pai, Michael Jackson

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.