Madonna, de 63 anos, surpreendeu os fãs ao partilhar esta quarta-feira na sua conta oficial de Instagram um conjunto de fotografias ousadas onde posava de forma sensual, com lingerie reduzida e em poses atrevidas.

As imagens acabaram por ser eliminadas, "sem aviso ou notificação", pela rede social.

Madonna afirma que foi explicado posteriormente à agência que a representa, que não gere a sua conta, que as imagens foram eliminadas porque "uma pequena parte do seu mamilo foi exposta".

"Ainda é surpreendente para mim vivermos numa cultura que permite que cada centímetro do corpo de uma mulher seja mostrada, exceto um mamilo. Como se essa fosse a única parte da anatomia de uma mulher que pudesse ser sexualizada. O mamilo que nutre os bebés", começa por lamentar.

"Um mamilo de homem não pode ser erótico? E o rabo de uma mulher que nunca é censurado em lugar nenhum. Agradeço por ter conseguido manter a minha sanidade ao longo de quatro décadas de censura, sexismo, preconceito em relação à idade e misoginia", atira a rainha da pop, que sempre se destacou pelo espírito livre, irreverente e sem preconceitos.

Às suas palavras de indignação, Madonna partilhou as imagens anteriormente eliminadas mas agora com as partes íntimas tapadas com emojis.

Leia Também: Madonna 'choca' fãs com fotografias muitíssimo atrevidas

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.