Os movimentos Time's Up e #MeToo surgiram da onda de denúncias de assédio e abuso sexual que assombraram Hollywood desde outubro de 2017 e têm como objetivo iniciar uma nova era que põe fim ao silêncio das vítimas.

Krysten Ritter foi uma das atrizes que se deixou sensibilizar pelas iniciativas e, numa entrevista recente à Harper Bazaar, contou como isso a ajudou a nível pessoal.

"Faz com que faças uma gestão emocional da tua vida e carreira. De repente ficas irritada com tudo isto", afirmou.

"Fui recordar-me de coisas que eu me tinha esquecido totalmente, curando as feridas. Olhas para trás e quase que te odeias por não saberes o que fazer e dizer", acrescentou.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.