Blac Chyna, antiga companheira de Rob Kardashian, alegou que a filha de ambos, a pequena Dream, de três anos, sofreu múltiplas queimaduras enquanto permanecia aos cuidados do pai.

Num comunicado feito à revista People, esta quarta-feira, dia 25, o advogado de Chyna revelou que as queimaduras surgiram entre os meses de fevereiro e março.

"Em fevereiro, a Dream regressou a casa de Chyna depois de ter visitado o pai, Rob Kardashian, com uma queimadura de primeiro grau na perna. O Rob admitiu que se queimou em sua casa, prometendo que não aconteceria outra vez", lê-se no esclarecimento.

Contudo, a mesma situação voltou a acontecer alguns dias depois com mais uma queimadura próxima da anterior. O comunicado revela que quando confrontado com o assunto, Rob inicialmente negou, admitindo mais tarde que de facto a menina se tinha queimado com uma lâmpada.

Tendo isto em conta, Blac decidiu pedir às autoridades competentes que o caso fosse investigado. "Entretanto, soube que a ama que estava a tomar conta de Dream quando ela se queimou já não trabalha para o Rob", informa-se.

Agora, a mãe da criança pede que a próxima pessoa a ser contratada passe pelo seu avalo.

Leia Também: Rob Kardashian está com uma profunda depressão, diz ex-companheira

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.