Em apenas três dias, vendeu 15.000 exemplares e, desde sexta-feira, o dia em que foi lançado, o livro de memórias «Sentir» tem feito correr muita tinta. O jornal Correio da Manhã fez manchete com uma das confissões de assédio sexual que a apresentadora de televisão Cristina Ferreira revela na obra. «Ele queria comer-me», diz a diretora de conteúdos não informativos da TVI, sem denunciar publicamente o nome do assediador.

De acordo com a revista de televisão TV 7 Dias, na apresentação pública do novo título da editora Contraponto, a nova chancela de não ficção do Grupo BertrandCírculo, no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, a própria apresentadora assumiu que também já a acusaram de fazer o mesmo, em reação à aposta pessoal que Cristina Ferreira tem feito em três novos rostos masculinos, João Montez, Ruben Rua e Santiago Lagoá.

«Claro que já se deitaram com ela» e «Eles só estão ali porque [ela] já os comeu» foram dois dos comentários que leu nos últimos meses. «Enquanto as mulheres não perceberem que se pode subir na vida de forma vertical, haverá espaço para a mediocridade», critica o rosto feminino de «Você na TV», o programa das manhãs da TVI. «Nada me dá mais prazer do que apoiar quem se inicia na mesma aventura que comecei há 13 anos», diz.

Texto: Luis Batista Gonçalves com Facebook (fotografia)

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.