A coroação do rei Carlos III, herdeiro da rainha Isabel II, terá lugar em Londres a 6 de maio de 2023, anunciou o Palácio de Buckingham, a residência oficial da família real do Reino Undo.

Carlos III e a rainha Consorte, Camilla, serão coroados na Abadia de Westminster, numa cerimónia religiosa conduzida pelo Arcebispo de Canterbury, Justin Welby, líder da Igreja Anglicana.

"A Coroação refletirá o papel do monarca hoje e vai olhar para o futuro, ao mesmo tempo que se vai manter enraizada em tradições e pompa de longa data", refere o comunicado.

O Rei Carlos III, de 73 anos, foi proclamado imediatamente após a morte da mãe Isabel II no Castelo de Balmoral, na Escócia, em 08 de setembro, aos 96 anos e após 70 anos de reinado.

Porém, a coroação normalmente só acontece vários meses mais tarde, após um período de luto e também para dar tempo para serem feitos os preparativos necessários.

A coroação de Isabel II a 2 de Junho de 1953, mais de um ano após ser proclamada, durou quase três horas e contou com 8 251 convidados, representantes de 129 países e territórios.

Mas a imprensa britânica noticiou que o novo rei quer que esta cerimónia seja mais curta e simples, e que envolva representantes de outras religiões e etnias para refletir a diversidade da sociedade britânica.

Este desejo, segundo algumas notícias, faz parte da visão de Carlos III para uma monarquia britânica mais moderna e pequena.

Há 900 anos que as coroações dos soberanos britânicos são realizadas na Abadia de Westminster pelo Arcebispo da Cantuária, cujo ritual inclui a unção com um óleo especial, o juramento e a subida ao trono.

De seguida, serão entregues ao rei a espada, orbe, anel, cetro reais e, finalmente, colocada na cabeça a coroa de São Eduardo [St Edward], feita de ouro maciço e decorada com mais de 400 pedras preciosas, incluindo rubis, granadas e safiras.

A rainha Consorte, Camilla, será coroada com a coroa de platina e diamantes feita para Isabel, a rainha Mãe, avó de Carlos III, na coroação de Jorge VI em 1937.

Tradicionalmente segue-se depois um cortejo pelas ruas para aclamação dos populares, que no caso de Isabel II se prolongou por 7,2 quilómetros e duas horas, atraindo cerca de três milhões de pessoas à capital britânica.

Em 1953 o dia da coroação, uma terça-feira, foi declarado feriado nacional, mas a coroação de Carlos III está marcada para um sábado e um eventual feriado para marcar a ocasião noutro dia da semana terá de ser aprovado pelo Governo.

Leia Também: Carlos III. Um livro à descoberta do novo rei britânico

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.