A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos da América, abriu um processo de investigação penal a Charlie Sheen, revelou um porta-voz da instituição. Apesar de não ter divulgado detalhes do processo, vários meios de comunicação social já noticiaram que pode estar relacionado com uma série de ameaças de morte que, alegadamente, o ator terá feito a Scottine Ross, uma das suas muitas ex-namoradas. O caso está a apaixonar os leitores de revistas e de sites da imprensa cor de rosa.

A Variety, revista especializada em cinema e televisão, vai mais longe e refere mesmo a existência de uma gravação audio do protagonista dos filmes da saga «Ases pelos ares» a prometer contratar um atirador profissional por cerca de 20.000 dólares, cerca de 15.000 euros, para acabar com a vida da antiga paixão. De acordo com a publicação, a cassete contém ainda declarações de Charlie Sheen a admitir que escondeu a uma parceira sexual que era seropositivo.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.