É tempo, mais que tempo, de ver as coisas como elas são, e mais do que isso, é tempo, mais do que tempo, de resgatar a criatividade única e genuína de cada um de nós frente aos desafios, adversidades e iniciativas. É preciso fé, amor, criatividade, responsabilidade, audácia, consciência e acção em Verdade (dura e crua).

Não me vou alongar muito quanto ao que vejo nos Astros do Céu e Natureza da Terra, pois os desafios de que tenho falado e que sinto até aqui, mantém-se. São tão exigentes e transformadores que precisam do seu tempo.

"Tempos de nutrir o Ser, activar Sonhos, purificar emoções, potencializar a Vida, clarificar a comunicação, libertar ilusões, partilhar conhecimento, produzir Amor."

Tempos de Vida . Morte . Vida.

O dia da Espiga está aqui, tradicionalmente, desde há muito, um dia em que tudo pára e se agradece toda a abundância. Diz-se que ao meio dia "as águas dos ribeiros não correm, o leite não coalha, o pão não leveda e as folhas se cruzam". E nessa hora caminha-se pela natureza, colhem -se as plantas para fazer o ramo da espiga e também se colhem as ervas medicinais. Em dias de trovoadas queimava-se um pouco da espiga no fogo da lareira para afastar os raios. Colhe-se a Espiga que simboliza o Pão, o Malmequer que simboliza o ouro e prata, a Papoila, o amor e vida, um pouquinho de Oliveira é o azeite, paz e luz, um pouquinho de Videira que simboliza o vinho e alegria e por fim o Alecrim, a saúde e a força. Segundo a tradição o ramo deve ser colocado por detrás da porta de entrada, e só deve ser substituído por um novo no dia da espiga do ano seguinte.

O Solstício de Verão caminha a passos largos na nossa direcção. O dia mais longo do ano e de grande viragem que celebra o culminar de todo um ciclo de crescimento e aprendizagem. O amadurecimento do fruto que somos ;).

Por agora, segundo o calendário Natural Maia, estamos ainda sob a influência da Lua da Serpente, a Lua da Libertação, que nos trabalhou e questionou nestes 28 dias sobre a questão: Como libertar e deixar ir?. Um ciclo já a terminar.

Nos próximos dias entraremos na Lua da Cooperação, a Lua do Coelho ou Lebre. Uma lunação que nos trabalha, ensina e desafia na temática: Como dedicar-me ao Universo?

Após uma Lua que nos liberta, agora, o que é isso de "universo"? onde estou eu no "universo"? O que é prioritário de verdade? Para mim? Para nós? O que é essencial? O que nos une e separa?

Reflexão, movimento e acção nas nossas relações, na forma como tudo relacionamos pensamentos, percepções e emoções, projectos, sonhos, laços, amor e amizade, colaborações, uniões. O que nos move e como?
Um olhar claro sobre o que é ser humano e humanidade.

Que haja Amor e Humildade para que consigamos Observar e Ver, Aprender e Concretizar como e com a Sábia Natureza. Dentro e Fora.

Que assim seja.

Coragem, Visão, União, Verdade e Acção Responsável e Criativa.

Um doce e forte abraço.
Nádia

Sobre a autora:

Nádia Nadzka

MULHER Apaixonada pela Vida. Viajou pelo mundo do teatro, música, dança, moda, design e ilustração, grandes Paixões que nunca abandonou, foi aprendendo a simplificar e a fundir ao longo da vida com outras paixões que foi descobrindo. Aluna atenta da Vida e dos seus “mestres”, familia e amigos. Eterna estudante da ancestralidade, estuda, pratica e vive a Arte Xamanica - a humildade, a criatividade, o respeito e Amor pela Terra e tudo o que tem Vida, estuda os Astros, a Natureza, o Infinito Universo e a forma como tudo isso nos influencia, estuda a Natureza humana, desafiando-se e desafiando cada um a olhar-se e a acordar-se. Há cerca de 10 anos que se dedica a criar momentos, experiencias, vivencias que despertem A Vida que existe em cada SER. Dá consultas sobre todos estes temas de forma a ajudar ao Reencontro pessoal.

Dança, canta e toca nas noites lua cheia, em cada mudança de estação e sempre que pode dá voz à celebração, gratidão e União com a Natureza e toda a sua história e sabedoria. Escreve e desenha sobre estes temas. É artesã na Vida e da Vida.

O que a move? Amar, Criando. Honrar A Vida.

"A genuína originalidade de cada um de nós é precisa para compor a melodia na Terra." Nádia NadZka

Facebook.com/NadZka
www.nadzka.weebly.com | nadia.nadzka@gmail.com
Consultas . Vivências . Retiros . Som . Escrita . Artesanato . VIDA

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.