Carneiro

A origem da lenda centra-se na história do Rei grego Atamente, casado com Nefele, cujo nome significa nuvem, e de quem teve dois filhos, Frixo e Helle. Cansado da sua mulher, Atamante decidiu repudiá-la e casar-se com a Princesa Ino, filha do rei de Tebas, com quem teve dois filhos, Learco e Melicertes. Ino era uma mulher zelosa e queria o trono para os seus filhos, então criou um plano para retirar a Frixo , filho de Atamante e Nefele, esse poder. O plano consistia em convencer as mulheres do seu país que tostaram os grãos de trigo destinados para o ano seguinte, a fazer com que a sementeira não germinasse caindo o país na miséria dando a oportunidade a seu filho de ser coroado.

Atamante decidiu consultar o oráculo de Delfos mas Ino seduziu o emissário para que lhe transmitisse que o oráculo vaticinou sacrificar o trono de Frixo para que o país pudesse prosperar. No momento do sacrifício de Frixo, Hermes conseguiu salvá-lo mandando-lhe o carneiro com o velocino de Ouro que levaria Frixo e a sua irmã Helle. Frixo conseguiu sobreviver mas Helle caiu ao mar tendo-se afogado. Chegado ao Mar Negro, Frixo foi acolhido pelos habitantes de Cólquida e seu Rei Eetes que deu a sua filha em casamento e como garatidão Frixo sacrificou o carneiro e ofereceu a Eetes o velocino de Ouro que foi religiosamente guardado como símboloda Grécia.

Jasão, primo de Frixo reclamou o reino a Pelias, seu tio, e este prometeu a Jasão o trono se conseguisse trazer o Velocino de Ouro. A ideia agradou a Jasão que embarcou a bordo do Argos com Hércules, Orfeu, Castor, Pólux e outros personagens famosos pelo seu valor que foram apelidados de Argonautas. Viveram muitas aventuras. Ao chegar ao Mar Negro, o Rei Eetes pouco disposto a entregar-lhes o velocino de Ouro propôs-lhes que primeiro teriam de superar uma prova, convencido de que estes não a conseguiriam ultrapassar. Esta prova consistia para além de outras heroicidades em jungir dois touros com pés de bronze que vomitavam fogo. Os deuses do Olimpo decidiram ajudá-los através de Medeia, mulher de grandes poderes mágicos e filha filha do Rei Eetes. Então, Afrodite fez com que Medeia se apaixonasse por Jasão e se dispusesse a ajudá-los. Foi assim que conseguiram recuperar o Velocino de Ouro. Jasão chegou à Grécia e vendo que Pelias matou o seu pai, matou-o também recuperando o trono e casando-se com Medeia de que teve dois filhos.

Veja a continuação do artigo na próxima página

Touro

A origem do mito remonta ao rapto de Europa por Zeus transformado em touro. Europa era a filha de Agenor e Telefasa, sendo o seu pai descendente de Zeus. A história conta que Zeus ao ver Europa na praia de Sidón se apaixonou por ela e quis seduzi-la transformando-se num lindo touro branco com os chifres parecidos com a lua crescente e foi ter com ela. Esta, assustada e fascinada pela beleza do animal, começou a acariciá-lo sentada em cima dele. O touro levantou-se e começou a correr chegando finalmente a Creta. Ali se uniram e Europa teve três filhos de Zeus: Mínos, Radamantis e Sarpedón. Mais tarde Zeus casou-a com o rei de Creta, Asterión, que ao ter filhos de Europa adoptou os de Zeus. Quando Europa morreu recebeu honrar divinas e o touro que se havia transformado em Zeus se converteu na constelação de Touro.

Gémeos

Castor e Polideuces, filhos de Zeus e de Leda, mulher do rei de Esparta, Tíndaro. Zeus, para seduzir Leda, transformou-se em cisne e se uniu a Leda na mesma noite que esta se havia unido a seu marido Tídaro, e destas uniões nasceram Castor e Clitemnestra de uma e Polideuces e Helena da outra. Castor e Polideuces eram irmãos inseparáveis e muito valorosos, que lutaram contra Teseo que havia raptado a sua irmã Helena e também participaram na expedição do Argos com Jasão.

Caranguejo

Aquiles é filho de Tetis, deusa do mar, e Peleo, rei de Ptía. É importante descrever a figura materna de Aquiles. Tetis era uma das nereidas que são personalidades divinas. Seu pai Neredo é uma divindade das forças elementares da natureza, mais antigo que os deuses do Olimpo. Tetis, a mãe de Aquiles, tinha na sua origem relação familiar com todas as forças da natureza assim como tinha a capacidade de transformar-se em todo o tipo de animais e seres. Tetis não aceitava que os seus filhos fossem mortais e foi matando-os a todos menos Aquiles que foi salvo por Peleo. Aquiles ficou ao cuidado de do centauro Quirón de que aprendeu muitas artes e sua filosofia de vida. Tetis consultou o oráculo de acerca de Aquiles que profetizou que seria uma personagem gloriosa e levaria uma vida simples e tranquila. Aquiles foi de facto uma personagem de grande coragem morrendo com uma flecha no seu calcanhar, disparada por Héctor.

Veja a continuação do artigo na próxima página

Leão

Artur é filho de Uther Pendragón, rei da Bretanha e Igraine, esposa do Duque de Cornwell e mãe de Morgana. Uther seduz Igraine com a ajuda de um feitiço do mago Merlin. Artur não sabe até à sua adolescência que é filho de Uther e que foi separado de seus pais na altura do seu nascimento e na sua juventude foi coroado a rei ao ser capaz de recuperar a espada mágica de Excalibur. A lenda de Excalibur contava que a iria recuperar seria coroado rei, muitos tentaram mas só Artur conseguiu esse feito. O mago Merlin explica então a sua origem e submete-o a provas para que aceite o seu destino. Artur torna-se um personagem nobre e valoroso. Artur casa-se com Ginebra, filha do rei Leodegranz, de quem está muito apaixonado, mas tem que suportar o desgosto da traição da sua esposa com o seu melhor amigo Lancelot.

Virgem

Perséfone é a única filha de Demeter. Perséfone é virgem e a sua vida está consagrada aos ritos da Primavera. Ela está encarregada de fazer germinar os campos. Demeter é a deusa da maternidade por excelência e a sua vida está estreitamente ligada à sua filha. Perséfone cresceu feliz entre as ninfase suas outras irmãs por parte do pai, Atenea e Artemisa, numa vida livre e ligada aos ciclos da natureza. A história conta-nos que Plutón, seu tio o deus do mundo subterrâneo, a viu a colher flores e se apaixonou por ela. Com a ajuda de Zeus raptou-a. Perséfone ao ser raptada gritou e sua mãe ouviu-a e de imediato começou a procurá-la em todas as partes sem conseguir encontrá-la.

Balança

Paris, como tantos heróis foi abandonado na sua infância no monte Ida, e o oráculo previu à sua mãe Hécuba que Paris seria a causa da destruição de Troia. Paris foi amamentado por uma ursa e viveu toda a sua infância com uns pastores. Na sua juventude foi apreciado pela sua beleza e seu valor. Na ocasião da boda de Tetis e Peleo, Eride (a discórdia) suscitou uma disputa em que ofereceu um maçã de ouro que devia ser entregue à mais bela das deusas. Hera, Atenea e Afrodite ficaram de receber de Paris a maçã que as distinguiria com a mais bela de todas as deusas. Assim, Hera ofereceu-lhe poder e riqueza, Atenea o triunfo em todas as batalhas e Afrodite o amor da mulher mais bonita do mundo. Paris desconcertado quis partir a maçã em três para lhes oferecer a cada uma delas mas Zeus não aceitou essa solução obrigando-o a entregar a maçã de ouro por inteiro a uma das deusas. Paris não se sentia atraído nem pelo poder nem pela vitória por isso elegeu Afrodite. Então Afrodite raptou Helena de Esparta, mulher de Menelao para a oferecer a Paris provocando desta maneira a destruição do povo de Troia.

Veja a continuação do artigo na próxima página

Escorpião

Medusa é uma das três Gorgonas, monstros parecidos com dragões de formas femininas que têm na cabeça serpentes. As Gorgonas viviam nos pântanos e um dos seus poderes era petrificar com o olhar. Perseo é filho de Danae, que por sua vez é a única filha de Acrisio, rei de Argos, mas antes de nascer, o seu avô Acrisio preocupado por não ter filhos varões consultou o oráculo que lhe confirmou os seus temores e lhe advertiu de que o seu neto, Perseo, causaria a sua morte. Acrisio desesperado fechou a sua filha numa torre de bronze mas Zeus apaixonou-se por ela e seduziu-a tendo tido um descendente, Perseo. Acrisio ao descobrir que a filha tinha dado à luz fechou-os dentro de um cofre de madeira e lançou Danae e Perseo ao mar. O cofre navegou à deriva e foi encontrado por um pescador que os acolheu. Assim viveram tranquilos com a família do pescador Dictis, cujo irmão era o tirano Polidectes. Quando Perseo ficou adulto, Polidectes apaixonou-se por Danae e quis-se desfazer de Perseo, por isso pediu-lhe que como prenda de casamento este lhe entregasse a cabeça da Medusa, feito que até então ninguém tinha conseguido alcançar. Perseo sem conhecer o perigo aceitou e os deuses decidiram ajudá-lo. Ao chegar à morada das Gorgonas esperou que estas adormecessem e conseguiu cortar a cabeça à Medusa. Perseo chegou finalmente a casa e se deu conta da perversidade do pedido de Polidectes deixando que Medusa o petrificasse. Finalmente o oráculo cumpriu-se quando Perseo num dos jogos de lançamento do disco se desviou matando o seu avô Acrisio.

Sagitário

Quirón é filho do deus Crnos e de Filira, filha de Océano, portanto pretence à mesma geração divina que Zeus e os Olímpicos. Cronos uniu-se a Filira e ao ser surprendido por Rea, sua mulher, transformou-se num cavalo para se poder escapar. Na ocasião da disputa de Hércules com os centauros, Quirón foi ferido acidentalmente com uma flecha que estava impregnada de veneno. Quirón era amigo dos homens e depois de ter sido ferido mostrou-se compreensivo e generoso. Finalmente Quiron pode morrer ao mudar a sua natureza.

Veja a continuação do artigo na próxima página

Capricórnio

Cronos é filho de Urano e de Gea. Urano odiava os seus filhos e os encarcerou em Tártaro, o centro da terra. Cronos se rebelou contra o seu pai cortando-lhe os genitais, libertando assim os seus irmãos. Do sangue de Urano nasceram as Erinias, personagens terríveis que castigavam os pecadores.. Também se diz que da espuma do mar nasceu Afrodite, a deusa da beleza. Cronos casou-se com a sua irmã Rea de quem teve Hestia, Demeter, Hera, Hades, Poseidón e Zeus. Advertido que um dos seus filhos o detronaria, Cronos devorava-os quando nasciam e Rea escondeu Zeus. Zeus cresceu escondido do seu pai e já adulto se aliou aos titãs e pode destronar o seu pai numa guerra feroz.

Aquário

Prometeo era filho do Titã Japeto, irmão de Cronos. Prometeo tinha um irmão chamado Epimeteu e ambos representam os dois lados da natureza humana. Prometeo inicialmente se aliou a Zeus, na guerra contra Cronos. Mais tarde, assistiu ao nascimento de Atenea, a quem ensinou a arte da arquitectura, astronomia, navegação, matemáticas e medicina entre muitas coisas. Numa ocasião, Zeus considerado por Prometeo como um tirano, quis repartir um boi oferecido em sacrifício em duas partes uma para os deuses e outra para os homens. Prometeo pegou nos restos do animal e distribuiu por duas bolsas, numa pôs a carne cobrindo-a com as entranhas do animal e na outra os ossos cobertos pela gordura. Zeus escolheu os ossos e ao dar-se conta do engano encolerizou-se com Prometeo. Zeus quis-se vingar e arranjou uma bela mulher a quem lhe chamou Pandora e a mandou a Epitemeo, que se apaixonou por ela, ainda que o irmão lhe tivesses dito para não aceitar qualquer oferenda de Zeus. Zeus deu a Pandora uma caixa que retinha todos males, dizendo-lhe em seguida para não a abrir nenhuma situação, mas Pandora curiosa quis abrir a caixa e todos os males se estenderam aos humanos.

Veja a continuação do artigo na próxima página

Peixes

Dionisios é filho de Zeus e de Semele, princesa de Tebas. O nascimento de Dionisios é descrito de formas diferentes. Numa das versões Hera, a zelosa mulher de Zeus, convenceu Semele estando esta grávida, que pedisse a deus para vê-lo em todo o seu esplendor, então Zeus apareceu como um relâmpago e Semele morreu carbonizada. Hermes ao dar-se conta arrancou-lhe o filho das entranhas e o depositou na coxa de Zeus até ao momento do parto. Outra lenda conta que Semele e seu filho foram colocados pelo seu povo num cofre e atirados ao mar, de forma que Semele morreu e o seu filho foi recolhido e criado na Laconia. A Dionisios se chama o miúdo que nasceu duas vezes.

por José Arjones

www.arteimagem.com

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.