Foi na página que tem no Instagram que Inês Abrantes partilhou um desabafo onde recorda uma das fases mais difíceis. A viver com três doenças auto-imunes, a companheira de Isaac Alfaiate surpreendeu de novo os seguidores com um testemunho único que não passou despercebido.

"Hoje o The Studio Gym partilhou uma memória desta altura e eu lembrei-me de mim assim. Esta era eu em 2017 e em 2018, depois do diagnóstico da minha terceira doença auto-imune. Disseram-me que só tinha de tomar uns comprimidos e que ia continuar a poder fazer a minha vida normal. Duas mentiras. Não foram só uns comprimidos, foram ciclos e ciclos de cortisona e outros medicamentos que me fizeram ficar assim, disforme e irreconhecível ao espelho para mim própria", começou por lembrar.

"Até podem não notar uma grande diferença mas, para mim foi enorme. Durante estes dois anos não consegui fazer tarefas básicas como abrir uma garrafa de água ou escovar o meu próprio cabelo. Pedia até ao Isaac para me ajudar a sair da banheira, porque não conseguia sozinha", partilhou de seguida, destacando que "2019 foi o ano de desmame de toda esta medicação que a transformou e o início de uma nova que ajudou muito a controlar todos estes sintomas".

"Agora em 2020 já só me lembro do que passei através de fotografias. Partilho com vocês para que nunca nos esqueçamos: o caminho para onde vamos é muito importante mas aquele de onde viemos é que faz o que somos hoje (Sei que muitos de vocês também estão a passar por estes tratamentos, para vocês um abraço muito apertadinho)", concluiu.

Leia Também: Isaac Alfaiate desafiado para ser fotógrafo da TVI

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.