Depois de estrear a série de documental 'The Me You Can't See', na Apple TV +, o príncipe Harry e Oprah Winfrey, responsáveis pelo projeto, lançaram esta sexta-feira um episódio complementar chamado 'The Me You Can't See: A Path Forward'.

Neste novo episódio do projeto, que tem como base o tema saúde mental, príncipe Harry e Zak Williams, filho de Robin Williams, unem-se para falar sobre a experiência de viver publicamente o luto de um pai ou mãe famoso.

"Para mim, foi realmente difícil separar o processo inicial de luto privado e partilha do luto com o público em geral, tanto com o público americano quanto com o resto do mundo", lamenta Zak, de 38 anos, recordando a morte do pai, Robin Williams, em 2014.

"Tive dificuldade em diferenciar esse processo de luto no início. Foi realmente desafiador para mim. Dei por mim desregulado emocionalmente, a sentir-me vulnerável e exposto quando não estava pronto para ser vulnerável. Isso foi um grande desafio", continua.

"Não reconheci que precisava de sofrer em privado", lamenta, dando conta de que precisou de "estabelecer limites" entre o que poderia ser tornado público e o que precisava de ser vivido em privado.

O príncipe Harry, que perdeu a mãe, a princesa Diana, quando tinha apenas 12 anos, afirmou conseguir identificar-se com os sentimentos partilhados por Zak Williams.

Leia Também: Kate Middleton "imensamente grata" após ser vacinada contra a Covid-19

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.