"Temos que falar de uma notícia muito triste e que nos afetou um bocadinho a todos que o conhecemos e que com ele lidamos durante vários anos, pelo menos da minha vida profissional", assim começou por dizer Cristina Ferreira ao falar da morte de Eduardo Beauté, que foi encontrado já sem vida em sua casa no passado sábado, dia 7 de setembro.

Perante a notícia do falecimento do famoso cabeleireiro, que tinha 52 anos, o seu ex-marido, Luís Borges, começou a receber vários comentários menos bons, mensagens que a apresentadora quis destacar, mostrando-se contra as mesmas.

"Ainda não se sabe muito bem [a causa da morte], só hoje e depois da autópsia é que se vai perceber... As pessoas imediatamente começaram numa agressão ao Luís que me deixou triste. O Luís foi casado com o Eduardo, mas acabaram o casamento como pode acontecer [a qualquer um]. E estavam a atribuir ao Luís e a pôr-lhe nas costas uma culpa e um peso que acho que é de uma indelicadeza, num momento como este, que me deixou realmente triste", disse Cristina.

"Tenha acontecido o que quer que seja na vida deles, tenham acabado a mal ou a bem, não importa. O Eduardo lá teria as suas razões de estar triste, mas quando as coisas acabam, acabam. Não se tem que pôr nas costas dos outros esta responsabilidade e é de uma indelicadeza e deve ter deixado o Luís tão derrotado e tão em baixo", acrescentou, defendendo o modelo das críticas de que tem sido alvo.

Por sua vez Cláudio destacou o facto de Luís Borges e Eduardo terem superado os desentendimentos do divórcio e afirma que ambos estavam agora num momento bom, a dar-se bem. "Essa fase já tinha passado e o Luís neste momento era um dos apoios do Eduardo, sempre foi", frisou.

Cristina não quis ficar por aqui e continuou: "A vida não é aquilo que está no Instagram, as pessoas têm que ter essa noção. Nem tudo aquilo que nós fazemos aparece lá. Nós existimos e, se calhar, aquilo que não aparece é o que é o melhor de nós".

De seguida, Cláudio partilhou: "O Luís era muito companheiro do Eduardo nesta altura. A relação com os três filhos era maravilhosa. Eles estavam de forma frequente juntos. Haviam compromissos financeiros de um lado e do outro que eram cumpridos, não é justo para o Luís que as pessoas o ataquem. Eles terminaram uma relação que não terminou bem. Passou, foi muito mediático, mas já passou".

Além de destacar a boa relação do modelo com o cabeleireiro, Cláudio contou ainda que Eduardo preparava-se para abraçar uma nova etapa. "Ia hoje abraçar um novo desafio profissional, tinha reuniões de trabalho, um novo salão para abrir, uma série de coisas... Por isso, é muito prematuro. Ele estava a reerguer-se... Só hoje é que se vai saber", acrescentou, referindo-se à causa da morte.

Leia Também: José Castelo Branco volta a homenagear Eduardo Beauté

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.