Os investigadores do Instituto Nacional de Investigação Aquática e Atmosférica (NIWA) da Nova Zelândia encontraram uma pen USB nos dejetos de uma foca leopardo recolhidos em novembro de 2017.

As fezes foram recolhidas para estudo e estiveram congeladas durante um ano antes de serem analisadas pelos cientistas, escreve a agência de notícias Reuters. O apelo para encontrar o dono do dispositivo foi partilhado no Twitter pela NIWA.

A pen contém vídeos e fotografias de férias na Porpoise Bay, na costa sul da ilha sul da Nova Zelândia. Há imagens do mar e de focas, captadas a partir de um caiaque, mas nenhuma dos hipotéticos donos do objeto. O dispositivo de memória está intacto e em boas condições, segundo a NIWA.

A mordedura destes 10 animais pode matá-lo em minutos
A mordedura destes 10 animais pode matá-lo em minutos
Ver artigo

A bióloga marinha, Krista Hupman, e a sua equipa querem agora devolver a pen USB ao seu legítimo proprietário.

"É muito preocupante que estes incríveis animais da Antártida tenham plástico desta forma dentro deles", disse uma voluntária da NIWA que participou na descoberta.

As focas-leopardo (Hydrurga leptonyx) habitam os mares da Antártida, mas podem ser encontradas nas costas do sul da Austrália, Tasmânia, África do Sul, Nova Zelândia, Ilha Lord Howe, Terra do Fogo, Ilhas Cook e na costa atlântica da América do Sul.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.