Pré Parto

  • Estou grávida! E agora?

    Parabéns! Está grávida. Neste episódio a Enfermeira Cristina Flores indica o que fazer logo que confirme que o seu teste de gravidez é positivo.
  • Uma gravidez saudável

    A postura na mulher grávida é muito importante para garantir o máximo conforto e bem-estar. Todos os movimentos devem ser feitos lentamente e com calma, respeitando a coluna.
  • Como me alimentar?

    A ingestão de alimentos deve ter pelo menos três refeições principais e dois lanches intermédios a meio da manhã e ao meio da tarde. Incluindo alimentos variados.
  • Organizar o enxoval

    Às 32 semanas é fundamental organizar o quarto do bebé, o seu enxoval e o saco de saída. Até porque a mãe vai ficando menos ágil e por isso é importante ter tudo acessível.
  • A mala para o bebé

    O dia do parto está a chegar e é importante ter o que precisa para o seu bebé, organizado de forma prática e funcional.
  • A mala para a mãe

    Perto das 32 semanas é importante organizar a mala para levar para a maternidade.
  • As principais dúvidas

    A evolução de uma gravidez tranquila, como se pretende que seja, com um bem-estar bio, psicossocial e holístico da mãe e do seu bebé.
  • A gravidez e o sexo

    Neste episódio, a enfermeira Cristina Flores explica o tema da sexualidade, transversal a toda a gravidez. É um tema rodeado de tabus, de mitos e de receios que devem ser devem ser conversados entre o casal.
  • A preparação do parto

    A enfermeira Cristina Flores explica todo o processo do trabalho de parto desde o seu início e até ao nascimento do bebe.

Pós Parto

  • Dos mitos aos gritos

    A enfermeira Cristina Flores trouxe a Vera e o bebé Martim que mostram o momento da amamentação.
  • Regresso ao trabalho

    É fundamental que o bebé tenha rotinas estabelecidas. Rotinas para dormir, para mamar, para passear e para brincar.
  • Somos pais mas somos um casal

    Neste episódio, a enfermeira Cristina Flores aconselha os casais a manterem uma vivência a dois.

O que dizem os especialistas

  • Os bebés não se queixam que veem mal

    Pedro Menéres, médico oftalmologista e membro da direção da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO), alerta para a importância da deteção precoce dos problemas visuais nos bebés, destacando que o método ideal são os rastreios ou uma consulta de oftalmologia até aos três anos.
  • Mesmo com muita higiene, as infeções urinárias são frequentes

    Quem o garante é a médica Sofia Deuchande, nefrologista pediátrica do Hospital de Cascais. Estivemos à conversa com esta especialista para esclarecer algumas dúvidas frequentes sobre os cuidados renais na infância.