• Sinais que revelam que afinal não tem assim tanta autoconfiança

    O facto de mostrar aos outros que é superior, mais forte e mais inteligente, não quer dizer que seja verdade e na maior parte dos casos é só uma maneira de camuflar as suas inseguranças e medos. (Strazzera)

  • O que fazer para lidar com a tristeza, com a repulsa, com o medo e com a raiva

    São quatro das emoções mais comuns e, levadas ao limite, são prejudiciais à saúde. Fernando Magalhães, psicólogo clínico, aponta as estratégias a adotar para se livrar de todas elas. (Revista Prevenir)

  • Não faça planos e tenha um fim de semana incrível

    Por vezes, ficamos com a sensação que o fim de semana serviu para várias coisas menos para descansar, mas será que sabe o porquê? (Strazzera)

  • Porque agradecemos com “obrigado”?

    Thank you, Merci, Grazie, Obrigado! Hoje assinala-se o Dia Internacional do Obrigado. Já agradeceu a alguém hoje? (Workwell)

  • Não consegue manter contacto visual durante uma conversa? Eis a explicação

    Ao que parece a falta de contacto visual durante uma conversa nem sempre é sinal de que alguém está a mentir. Dois psicólogos japoneses revelaram que manter um diálogo ao mesmo tempo que olhamos, fixamente, para os olhos de alguém é uma tarefa bastante difícil de executar. (SAPO Lifestyle)

  • Estamos a viver em piloto automático e isso nem sempre é bom

    Um professor de Harvard e uma jornalista reuniram ensinamentos de filósofos chineses ancestrais num livro. O objetivo? Tornarmo-nos melhores pessoas nos dias que correm! Conversámos com os autores. (Revista Saber Viver)

  • Depressão de segunda-feira

    Quando o domingo está prestes a chegar ao fim, temos a certeza que a sua disposição começa a alterar-se. Mas, será que sabe qual é a razão de odiar tanto as segundas-feiras? (Strazzera)

  • Sobre ambição

    Gosto da palavra ambição. Tem força. Gosto ainda mais quando tem propósito. Quando tem direcção. Quando não é apenas uma sede desmesurada, de tudo e mais alguma coisa. (Susana Krauss)

  • Ano novo, hábitos novos: saiba como revolucionar a sua vida

    Se é daquelas pessoas que tem dificuldade em seguir à risca os objetivos que definiu para a sua vida, este artigo é para si. (SAPO Lifestyle)

  • Maioria das pessoas quer sair das redes sociais, mas tem medo de perder os amigos

    Investigação conduzida pela empresa de desenvolvimento Kaspersky Lab concluiu que a grande maioria das pessoas quer abandonar as redes sociais, principalmente porque as consideram uma perda de tempo. (Nuno Noronha)

  • Quer começar bem o ano? Pense nestas questões

    Todos os anos a esperança de um novo ano, melhor que o anterior, é renovada com festejos e entusiasmo junto daqueles que mais gostamos. (Psinove)

    Frases ridículas que as mulheres ouvem quando entram no clube dos 30 (e dos 40)

    “Já não tens idade para sair à noite” ou “Ficas ridícula de cabelo comprido” são apenas alguns dos disparates que o universo feminino ouve diariamente no que toca à sua aparência e estilo de vida. De forma a combater este tipo de mentalidade, o site Huffington Post reuniu algumas das frases mais ridículas ditas sobre as mulheres. (SAPO Lifestyle)

  • Mantenha o espírito de férias o ano inteiro

    Os bons momentos, a alegria, a diversão e o espírito leve que vivemos nos períodos de lazer podem ser prolongados pelos 12 meses. Três especialistas nacionais explicam como! (Revista Prevenir)

  • Não tenha medo de abraçar a mudança

    E se a minha vida mudar amanhã? E se, pelo contrário, não mudar de todo? Será que consigo implementar o que desejo? Reflexões que se impõem nos dias que correm. (Revista Saber Viver)

  • Prós e contras das redes sociais

    Numa altura que as redes sociais são cada vez mais importantes é necessário saber encontrar um equilíbrio entre os seus prós e os contras. (Strazzera)

  • Está deprimido?

    A maioria das vezes a pessoa é assolapada por uma onda de tristeza que, não levada em conta pode tornar-se em algo mais grave. (Strazzera)

  • O que o seu telefone diz sobre a sua personalidade?

    Tem um iPhone ou Android? Sabia que esta escolhe pode refletir o seu estado de espírito? Uma pesquisa afirma que dá para prever a sua personalidade pelo aparelho que tem nas mãos. (Strazzera)

  • Sete erros que deve evitar para ter energia para o dia inteiro

    Sente-se sempre sem energia? Saiba que há vários erros que pode estar a cometer ao acordar que o levam a ter um dia menos produtivo. Saiba quais são e pare de os fazer. (Strazzera)

  • Do Natal e doutras coisas

    Só no outro dia reparei que nunca mais tinha feito presépio desde que me conheço como agregado independente dos meus pais, e já lá vai muito tempo. (Bárbara Baptista)

  • Sobre a Comunicação

    Afinal a comunicação é feita do quê? (Susana Krauss)

  • Seja criativo

    Para muita gente é algo inato e flui de uma forma muito natural, mas para alguns a fórmula consiste em fazer algum trabalho de casa. (Strazzera)

  • Lojas perfumadas, música relaxante: truques para o convencer a gastar mais

    Um artigo publicado no jornal ‘Daily Mail’ dá-lhe a conhecer os truques que os comerciantes utilizam para o convencer a investir em oportunidades incríveis e a passar o cartão de crédito sem pensar duas vezes. (SAPO Lifestyle)

  • A importância da educação emocional

    O estudo epidemiológico da Saúde Mental em Portugal, dá conta de um aumento crescente de casos de perturbação mental, com um quinto da população portuguesa diagnosticada, maioritariamente com perturbações depressivas ou de ansiedade. (Psinove)

  • 14 coisas que toda a gente faz (mas que ninguém tem coragem para admitir)

    Já alguma vez deu por si a fazer ou a pensar em coisas completamente disparatadas e sem sentido? Se a resposta é afirmativa, não se preocupe porque não está sozinho. O site ‘Bright Side’ enumerou uma série de coisas sem nexo que já passaram pela cabeça de (quase) toda a gente. (SAPO Lifestyle)

  • Ainda é possível fazer amigos depois dos 30 anos?

    Há quem entenda que sim e quem afirme que não. Alguns especialistas dizem que as mulheres têm maior dificuldade do que os homens. Mas há solução! (Revista Saber Viver)

  • Dê asas aos seus sonhos

    Descubra como pode tirar os seus sonhos do papel e transformá-los em realidade, com apenas força de vontade e muita dedicação. (Strazzera)

  • Já elogiou alguém hoje?

    No outro dia saiu-me sem esforço nenhum “ A senhora é muito simpática”. Isto foi no Centro de Saúde, e o mais inacreditável, é que não foi irónico. (Bárbara Baptista)

  • Dicas para um dia produtivo

    Tudo depende de como planeia o seu dia e otimiza o mesmo, por forma a evitar fazer trajetos a mais, andar a correr e acabar por fazer metade das coisas que queria fazer. (Strazzera)

  • As redes sociais estão a mudar a forma como nos (promo)vemos

    As aparências no mundo virtual nem sempre têm correspondência no mundo real. A imagem que projetamos está, muitas vezes, longe daquilo que somos e que sentimos. (Revista Saber Viver)

  • É uma pessoa forte mentalmente?

    Todos queremos ser aquela pessoa que nada teme e consegue enfrentar qualquer obstáculo. Existem algumas técnicas para se fortalecer mentalmente e são essas que lhe vamos revelar. (Strazzera)

  • Estudo revela os efeitos psicológicos do machismo nos homens

    Um estudo americano revela que os homens que têm por hábito fazer comentários depreciativos e exercer controlo sobre o sexo feminino acabam por assistir a uma diminuição da sua saúde mental. (SAPO Lifestyle)

  • Aprenda a tomar decisões

    Nem sempre é fácil tomar uma decisão e é por isso, que lha vamos dar algumas dicas para que o consiga fazer e ainda para aprender a lidar com ela. (Strazzera)

  • Por que é que os homens (ao contrário das mulheres) não dizem uma palavra quando estão muito stressados?

    Allan Pease e Barbara Pease, autores da famosa obra «Por que é que os homens nunca ouvem nada e as mulheres não sabem ler os mapas de estrada», respondem à pergunta. (Revista Saber Viver)

  • Aquilo que não deve partilhar nas redes sociais

    Se, enquanto seguidores de uma rede social não corremos o risco de nos expormos, enquanto utilizadores devemos ter alguns cuidados. (Strazzera)

  • O que a sua caligrafia diz sobre si

    Os traços de personalidade que são revelados pela forma como escreve. (Strazzera)

  • Sabia que os domingos são importantes?

    Evite a tristeza e a nostalgia neste dia da semana e aproveite para descansar, sem dar tempo à sua cabeça de pensar que na segunda já começa novamente a sua rotina de trabalho. (Strazzera)

  • Anda de transportes públicos? Eis os 10 hábitos mais irritantes que deve evitar

    William Hanson, especialista em etiqueta e boas maneiras, revelou ao jornal britânico ‘Daily Mail’ que existe um código de conduta que todos os utilizadores de transportes públicos devem seguir nos seus trajetos diários. Curioso? (SAPO Lifestyle)

  • Nós e a nossa tendência para desvirtualizar o Natal

    Aproxima-se o Natal. Os anos passam tão rápido que a época do Natal coloca cada Natal mais perto um do outro. Ainda há semanas festejei o meu Natal passado. Esta é a sensação que tenho. Ou a vida está a passar demasiado depressa ou eu é que ando a passar apressada pelos dias. Mas voltemos ao motivo que me leva a escrever sobre este tema. (Manuela Pereira)

  • Sinais que provam que está esgotado

    O stress no trabalho ou até mesmo os problemas, podem fazer com que fique com um esgotamento físico, o problema é que nem sempre este está relacionado com o cansaço. (Strazzera)

  • Sou solteira, e então?

    Fazem parte de uma nova geração que prioriza a carreira profissional e a liberdade pessoal. São mulheres que optam por não casar e escolhem viver sozinhas. (Revista Saber Viver)

  • O que têm os bons comunicadores?

    Dos bons comunicadores tudo se diz. Que são carismáticos, assertivos, fluídos. Que conseguem chegar a toda a gente. Que conseguem ‘traduzir’ as coisas mais inacreditáveis para uma linguagem comum. Mas será que sempre o foram assim? Nasceram assim? Para mim, até é possível que tenham uma maior abertura à comunicação, sim. (Susana Krauss)

  • As publicações nas redes sociais revelam muito sobre nós? Tudo, dizem cientistas

    "No que é que está a pensar", pergunta o Facebook a 1,7 mil milhões de utilizadores diários. Será que quer mesmo responder? (Nuno Noronha)

  • É uma pessoa indecisa?

    Se não consegue tomar decisões simples e rápidas no dia a dia, isto só pode querer dizer uma coisa, que é uma pessoa indecisa. (Strazzera)

  • Dicas para combater a preguiça e má disposição de uma segunda-feira

    Se é daquelas pessoas que sempre teve dificuldade em levantar-se da cama bem cedo, nós deixamos-lhe alguns truques que podem fazer a diferença na sua vida e na forma como encara o dia que tem pela frente. As dicas são da revista ‘Forbes’. (SAPO Lifestyle)

  • Controle a ansiedade

    Palpitações, respiração difícil, tonturas, tensão, inquietação, são alguns dos sintomas da ansiedade: fique a conhecer maneiras de os controlar e ultrapassar este transtorno. (Strazzera)

  • É uma pessoa com azar?

    O que torna uma pessoa sortuda ou azarada não depende só do destino, depende também dos seus pensamentos e comportamentos. (Strazzera)

  • Doçura ou travessura?

    Começamos assim, desde pequenos, a trocar um objetivo pelo prazer ou pela dor. (Manuela Pereira)

  • O meu gato precisa de ir ao psicólogo?

    Faz parte da família, mas o convívio nem sempre é fácil. Será mau feitio ou problema de comportamento? Se não percebe a linguagem do seu animal de estimação, ouça um especialista. (Revista Saber Viver)

  • 12 coisas que fazemos todos os dias

    Há várias coisas que fazemos no dia a dia e algumas delas até podem ser estranhas, mas, se pararmos para pensar, elas de facto acontecem. Descubra quais são e veja se também tem estes comportamentos diários. (Strazzera)

  • Viver sozinho é uma tendência que veio para ficar

    Há cada vez mais pessoas que vivem sozinhas. E gostam! Um paradigma que está a levar ao aparecimento de novos negócios e que obriga a repensar o futuro das novas gerações… (Revista Saber Viver)

  • “Eu não quero morrer, só quero que a dor pare.”

    Quando se fala em suicídio, muitas pessoas questionam os motivos que levam alguém a querer acabar com a própria vida, com uma incompreensão algumas vezes acusatória, outras vezes curiosa e interrogativa. (Psinove)

  • A paciência… rejuvenesce!

    É impaciente? Se a resposta é positiva, tenha cuidado. Vai envelhecer mais depressa do que se for uma pessoa serena. Este aviso é dedicado especialmente às mulheres! (Revista Saber Viver)

    Descubra o que está a fazer errado

    Existem coisas simples do dia-a-dia, que dificilmente se apercebe que está a fazê-las de uma forma errada. Para que isso não aconteça mais e de acordo com o site incrivel.club, vamos dar-lhe dicas para que passe a fazê-las de forma correta. (Strazzera)

  • Decidir não tem de ser difícil

    Face a uma decisão tendemos a hesitar e, no limite, sentimo-nos presos. Mas haverá maior liberdade do que o exercício de uma competência que ajuda a definir quem somos? (Revista Prevenir)

  • “Hygge”: 10 formas inspiracionais de aproveitar a vida

    A palavra Hygge pronuncia-se “hue-gah” e tal como a palavra portuguesa “saudade” não tem uma tradução numa só palavra. Trata-se de um modo de vida dos dinamarqueses, uma forma de apreciarem a vida e os prazeres mais simples. (SAPO Lifestyle)

  • É mais inteligente que a média?

    A inteligência é classificada em grupos distintos, mas de forma geral pode dizer-se que a mesma abarca a capacidade de assimilar, entender, elaborar informação e usar tudo isto de forma adequada. (Strazzera)

  • Sabe porque não deve discutir quando está com raiva?

    O facto de discutir com outra pessoa quando está com raiva, faz com que perca a noção da realidade e também dos seus sentimentos. (Strazzera)

  • É uma pessoa má?

    A maldade é um sentimento negativo que existe dentro de algumas pessoas, se nuns casos ela é leve noutros ela pode chegar mesmo a matar. Descubra quais são os níveis de maldade. (Strazzera)

  • Faça os outros lembrarem-se de si

    Para manter uma relação positiva com os outros, é necessário que tenha atenção a algumas coisas. Descubra quais são e faça os outros sorrirem ao pensarem em si. (Strazzera)

  • Porque estamos sempre a ver o telefone a meio da noite?

    Já acordou a meio da noite para ver se tinha alguma nova mensagem no WhatsApp? Ou, então, acordou apenas para olhar o que estava a acontecer nas redes sociais, como Facebook e Instagram? Não está sozinho. (Strazzera)