• Tenho dificuldades em manter a concentração. O que posso fazer?

    Fernando Magalhães, psicólogo clínico e psicoterapeuta no Porto, responde à pergunta e aponta estratégias a seguir para combater o problema.

  • Seja mais carismático

    Quer na vida pessoal quer profissional será uma característica que será sempre uma mais-valia. Saber seduzir ou criar algum tipo de fascínio nos outros irá permitir-lhe uma maior influência junto dos outros.

  • Adote estes hábitos e melhore a sua inteligência emocional

    Os benefícios vão desde as suas relações pessoais às profissionais, por isso fique conhecido por ser uma pessoa com a qual se gosta de estar e conversar e um profissional tolerante, resiliente e empático.

  • Tenho dificuldade em tomar decisões. Como posso inverter esta situação?

    Fernando Magalhães, psicólogo clínico no Centro Clínico e Educacional da Boavista, no Porto, explica o que pode fazer para facilitar qualquer processo de tomada de decisão.

  • Quando a angústia da perfeição interfere com aquilo que (não) somos

    É gerada pelo medo de desiludir o outro, de sermos excluídos, de não sermos amados e de não sermos reconhecidos. Mas estamos sempre a tempo de mudar tudo isso…

    Estas são as novas regras de etiqueta que deve seguir

    Usar o telefone com moderação, saber comportar-se no avião, mostrar educação no trânsito são só algumas das regras de etiqueta essenciais para os dias de hoje... Conheça-as a todas.

    Liberte-se do que já não faz falta

    Muitas vezes é necessário parar, reorganizar a mente, refletir e recuperar energias para continuar o nosso trilho por esta longa estrada que é a vida.

  • Gosto do que nos aproxima uns dos outros

    Diz-se que maio é o mês das rosas. Quem, como eu, caminha por parques e campos deslumbra-se com o colorido aveludado e cheiroso de rosas que enfeitam hortas, cercas, varandas, jardins e de como a natureza as faz brilhar por todo o lado. Mas, mais do que um tempo de flores, maio tem sido um mês em que os portugueses dão e recebem bênçãos.

  • Acredita na reencarnação?

    Segundo algumas religiões a reencarnação existe, bem como alguns sinais prováveis que indicam que já teve outra vida.

  • As coisas que os homens fazem e que não lembram a mais ninguém

    Pensava que sabia tudo sobre o seu pai, irmão, amigo ou parceiro? Então veja estes cinco estudos científicos. Uns confirmarão as suas suspeitas. Outros irão surpreendê-lo!

  • É uma pessoa nomofóbica?

    Cada vez mais, o mundo está nas mãos da tecnologia e por isso, é mais difícil conseguir manter-se longe dos aparelhos eletrónicos e mais concretamente, dos telemóveis.

  • O que os gestos dizem de si

    Uma boa parte das vezes aquilo que se diz não se reflete na linguagem corporal. Esta pode revelar pensamentos que se querem esconder e, como tal, é uma boa forma de conseguir saber mais ao certo o que realmente vai na cabeça do outro.

  • Melhore o seu dia

    Nem sempre o dia corre de feição e por vezes nem sequer é por algo que tenha acontecido. Saiba como pode contornar um dia menos bom.

  • Faz parte do novo grupo de amortais?

    A nossa atitude perante a idade e o passar dos anos tem vindo a alterar-se. Mas será esta mudança benéfica? Existirá um preço a pagar pela (nova) condição de amortalidade?

  • 9 estratégias para viver em equilíbrio

    Dicas e recomendações que abrangem várias áreas da sua vida e que devolvem harmonia a existências nem sempre felizes. Os conselhos são do psicólogo Fernando Lima Magalhães.

  • Desrealização: quando a ansiedade nos tira da realidade

    Apesar de não ser muito falado ou muito esclarecido, este sintoma é um dos mais assustadores de algumas pessoas com quadros ansiosos graves.

  • 7 caraterísticas de alguém mais inteligente que a média

    Há várias formas de se ser inteligente e, como tal, as definições para a mesma tendem a ser diferentes.

    Saudável? Depende...

    Há determinados comportamentos que nos podem induzir em erro, talvez por ter sido algo que sempre se ouviu dizer que era saudável ou porque a mensagem passada faz deduzir o mesmo.

  • Os nove tipos fundamentais de personalidade que existem

    Existe um método com mais de quatro mil anos de experiência, denominado Eneagrama, que promete desvendar a sua verdadeira essência. Saiba como é que o pode ajudar no seu dia a dia.

  • Chegou o sol e não posso ir para a praia: o que fazer?

    Há pessoas que são excepção e que não gostam do Verão e dos seus atributos. No entanto, de forma geral, os dias de sol são aguardados todos os anos de forma marcada, sendo alvo da maioria do tempo de férias das pessoas.

    Melhore a sua concentração com estas 7 estratégias

    Dificuldade de concentração? Sigas estas dicas e aumente o seu rendimento

  • O que os seus lábios dizem de si

    Tal como os sinais, as suas mãos ou até mesmo os seus pés conseguem dizer muito sobre a sua personalidade, os lábios também não são exceção. Fique a saber o que o formato deles diz de si e surpreenda-se.

  • O que os sinais revelam sobre a sua personalidade

    Por muito estranho que possa parecer, existem certas características que revelam a personalidade de cada um e essas, podem simplesmente estar associadas a determinados sinais em várias zonas.

    Seja mais feliz com estes hábitos

    Ser feliz só depende de si. Deixamos-lhe 13 atitudes que deve trazer para a sua vida.

  • Somos todos mentirosos?

    Cada pessoa mente, em média, uma a duas vezes, por dia. Mais do que esperteza, mentir é sinal de inteligência. Ian Leslie, especialista no assunto, explica porquê.

  • Sobre Confiança

    Dizia Thomas Jefferson: “Eu acredito demais na sorte. E tenho constatado que, quanto mais trabalho, mais sorte tenho.”

  • O horário ideal para a sua idade

    A predisposição e a sua saúde respondem de diferentes formas consoante a sua idade. Saiba como.

  • Sabia que o som da água ajuda a adormecer?

    O facto de o som da água ser relaxante, faz com que o cérebro perceba que não precisa de estar alerta e assim, consiga ter uma noite descansada.

  • Tu não brincas mais...

    Comparo o Trump e as suas políticas "fantásticas" de anti-imigração, ao Bullying que é feito por miúdos tão inseguros na escola, que se tornam os bullys lá do sítio.

  • Liberte as suas emoções

    Reprimir as suas ações mais espontâneas pode estar a afetar o seu equilíbrio psíquico e emocional mas também a sua saúde física.

  • Sofre de alucinações?

    Sabia que de acordo com uma pesquisa efetuada recentemente, uma em cada vinte pessoas sofre de alucinações e que isso nada tem a ver com transtornos mentais?

  • 5 mentiras sobre a felicidade

    Andamos todos atrás dela mas, muitas vezes, parece que ela nos foge. E muitas das coisas que achamos que nos vão fazer felizes nem sempre o fazem. Descubra uma série de ideias que a ciência diz serem falsas.

    8 formas de apanhar um mentiroso

    Seja um autêntico detetor de mentiras com estas dicas

  • Aprende-se mesmo com os erros?

    Porque é que errar é tão importante? As respostas dadas por uma especialista no assunto que tem vindo a promover o conceito de wrongology, uma nova corrente de pensamento.

  • Um vício chamado compras

    Quando falamos de consumismo, a fronteira entre o normal e o patológico parece ser muito ténue. De que lado se encontra? Veja também os conselhos do psicólogo clínico Vítor Rodrigues.

  • Porque discutimos no Facebook?

    Muitas pessoas escondem-se por detrás do ecrã do computador ou do smartphone para dizer aquilo que nem sempre tem coragem de dizer frente a frente.

    11 coisas que temos tendência a perder

    Se é daquelas pessoas que anda sempre à procura do comando da televisão, telemóvel ou da chaves de casa, não se preocupe! Estes objetos encontram-se na lista daqueles que mais se perdem.

  • Sabe porque perde tanto tempo no facebook?

    Quer ir só dar um olhinho nas redes sociais e quando se apercebe já passou mais de 1 hora naquilo... Pesquisadores descobriram que sentimos um verdadeiro ‘lapso temporal’ quando entramos nas redes sociais. Descubra o motivo.

  • 7 estratégias que vão melhorar a autoestima das mulheres

    Sem amor-próprio o nosso bem-estar psicológico fica seriamente comprometido. Saiba o que pode fazer para manter a sua sempre equilibrada e viver muito melhor

  • O mundo está cansado e sem energia?

    A exaustão sempre existiu e nem este século é o mais cansativo de sempre, mas cada vez mais é fundamental que se aprenda a colocar um freio.

  • Disforia de género: sinais a que deve estar atento

    De forma a elucidar sobre esta temática e auxiliar no diagnóstico, damos-lhe a conhecer os sinais mais evidentes da disforia de género que, consoante os casos, pode manifestar-se durante o período da infância.

  • Destro ou canhoto? Porquê?

    Muitos especialistas sempre associaram que a escolha da mão dominante era “feita” pelo cérebro, mas uma pesquisa atual contraria a ideia.

  • Não deixe que seja a sua ansiedade a comer

    Situações stressantes, ansiedade, decepção, entre outros podem estar na origem de comer compulsivamente.

  • Portugueses preferem o telemóvel ao carro

    Portugal é o país europeu onde se regista o mais elevado nível de ligação ao telemóvel: 7.0 valores, numa escala de 1 a 10, superando a sua ligação ao automóvel (6.8 valores).

  • A sogra está em vias de extinção?

    Dramas familiares, que também envolvem as crianças, sucedem-se sobretudo ao longo do ano. Entrevista a Aldo Naouri, o médico que analisou as relações entre pais, cônjuges e filhos para lá dos clichés.

  • É capaz de se colocar no lugar do outro?

    As histórias de amor, as amizades improváveis e as carreiras de sucesso começam com a empatia. Se não for aplicada, pode afetar as nossas relações. Saiba como.

  • Aprenda a ultrapassar tempos difíceis sem precisar de outras pessoas

    Sugerimos três maneiras de ultrapassar, da melhor forma, os contratempos, sem depender da ajuda de outras pessoas.

  • Devemos deixar andar?

    Há situações em que se deve largar as amarras, deixar algo para trás e seguir em frente. Sem arrependimentos. Saiba quais!

  • Estes são os erros que comete ao carregar o seu telemóvel

    Não há nada mais frustrante do que ficar sem bateria no telemóvel, mas sabia que existem alguns erros que está a cometer ao carregá-la que podem ditar o fim muito mais depressa do que imagina? Descubra como.

  • Quando nós somos o nosso maior inimigo

    Autossabotarmo-nos significa armadilharmos a nossa vida. Retraímos o autodesenvolvimento, enfraquecemos a autoestima e fragilizamos o bem-estar. É tempo de parar com isso!

  • Potencialize a sua concentração com o método Pomodoro

    Entenda o que é e como consegue aumentar a produtividade se souber passo a passo como esta técnica funciona.

  • Mude já de atitude

    Por vezes basta agir ou pensar de outra forma para se poder encarar um velho problema ou outra coisa qualquer com outra visão.

  • Quer ganhar uma discussão com uma perna às costas? Eis o que precisa fazer

    Toda a gente discute: uns por coisas banais, outros por motivos mais graves. E a verdade é que, independentemente do assunto em causa, todas as partes envolvidas querem o mesmo: ter razão e ganhar a discussão. O jornal El País esteve à conversa com vários especialistas que dizem o que tem de fazer para sair vitorioso de um argumento.

  • Comunicar para inspirar

    Gosto quando um cliente se propõe inspirar. É um objetivo ambicioso. Mais até do que motivar.

  • Passe já uma rasteira à inveja

    O desejo em obter habilidades, atributos, posses, etc... de determinada pessoa podem fazer despoletar sentimentos negativos, tais como ciúmes, raiva, tristeza, ódio, entre outros.

    Aprenda a concentrar-se

    Sente que não se consegue concentrar por mais de 5 minutos? Saiba que com algumas dicas pode melhorar e muito a sua capacidade de concentração, por isso foque-se neste artigo e descubra como.

  • As principais fobias de hoje

    Obsessão por detox, vício de não desperdiçar nada e medo de ficar sem smartphone ou sem internet e sem acesso às redes sociais. Será que se inclui nesse grupo?

  • 5 características de inteligência emocional

    Este é um conceito que descreve a capacidade de reconhecer e avaliar os seus próprios sentimentos e os dos outros, assim como a capacidade de lidar com eles. Veja se já põe em prática estes exercícios.

  • Sinais que revelam que afinal não tem assim tanta autoconfiança

    O facto de mostrar aos outros que é superior, mais forte e mais inteligente, não quer dizer que seja verdade e na maior parte dos casos é só uma maneira de camuflar as suas inseguranças e medos.