Doces outonais para barrar no pão

Uma boa compota pede boa fruta. Exige também rigor na confeção, lume certo e carinho no preparo. A recompensa é um doce perfeito, enroscando-se numa boa fatia de pão, preferencialmente quente.

  • Compota de marmelos com pera e vinho do Porto

    Por que não juntar dois frutos contrastantes? O marmelo, duro e ácido e a pera, sumarenta, de polpa mole e adocicada. Isto com a adição de um sabor extra, o vinho do Porto

  • Compota de figo

     Aromatizar com baunilha, canela ou vinho do Porto para uma compota ainda mais deliciosa

  • Compota de pêssego

    A compota de pêssego é uma boa solução para aproveitar a fruta mais madura não permitindo que se estrague

  • Doce de diospiro

    Dê preferência a frutos maduros, mas rijos, para conservar no frasco todo o sabor do inverno