Botulismo

Intoxicação alimentar severa que pode conduzir à morte

O botulismo é uma contaminação alimentar pouco comum e potencialmente mortal, provocada pelas toxinas produzidas pela bactéria Clostridium botulinum, muito presente em conservas alimentares. Estas toxinas são o veneno mais potente que se conhece e podem danificar gravemente os nervos e os músculos.

Esta contaminação transmitida pelos alimentos resulta da ingestão de produtos contaminados, sendo as conservas caseiras a fonte mais frequente.

Quando se ingere um alimento contaminado, as toxinas penetram no organismo através do sistema digestivo. O botulismo provocado por feridas é consequência duma ferida infectada pela mesma bactéria. Dentro da ferida, a bactéria produz uma toxina que passa posteriormente para o sangue, provocando os sintomas.

Sintomas

Surgem, geralmente, 18 a 36 horas depois das toxinas terem penetrado no organismo. Os primeiros sintomas incluem boca seca, visão dupla e turva (com incapacidade de focar objectos próximos), pálpebras pesadas, e dificuldade em falar e engolir.

Em algumas pessoas surgem náuseas, vómitos, cólicas abdominais e diarreia. A musculatura dos braços e das pernas enfraquece de forma progressiva à medida que os sintomas vão evoluindo gradualmente, de cima para baixo.

A hospitalização é indispensável. Para eliminar as toxinas que ainda não tenham sido absorvidas pode-se induzir o vómito, limpar o estômago através de uma lavagem gástrica e administrar laxantes para acelerar o trânsito intestinal.

Comentários