Os benefícios da Dieta Verde

Perca peso e ganhe vitaminas ingerindo alimentos ricos em fibras e antioxidantes. A dietista Marisa Costa elaborou um plano alimentar de uma semana que emagrece com saúde.

Toda a gente tem consciência da importância das verduras numa alimentação equilibrada. No entanto, vários estudos internacionais revelaram, ao longo do tempo, que fazemos um consumo abaixo do recomendável na nossa ementa diária. Esta situação pode provocar uma maior incidência de problemas de excesso de peso e um maior risco de doenças, como a hipercolesterolémia e alguns tipos de tumores.

E não é só por causa da falta de fibras e de substâncias antioxidantes, mas também porque uma ingestão adequada de vegetais pode ajudar a reduzir os níveis de gorduras e de hidratos de carbono de absorção rápida, que costumam estar muito acima do aconselhável. Com base nesta premissa, a Dieta Verde propõe emagrecer com porções abundantes de verduras, que cobrem as necessidades diárias de vitaminas e minerais.

Tem também inúmeros benefícios para o organismo. Cheia de antioxidantes e fibra para perder peso de forma rápida e saudável, também ajuda a desintoxicar o organismo, reduzir os níveis de colesterol e prevenir o cancro. E para que a ementa seja equilibrada e não hajam carências, as verduras são acompanhadas de alimentos selecionados:

- Hidratos de carbono de absorção lenta

A lista inclui pão, arroz, massa e batata. «São o principal fornecedor de energia, pelo que a quantidade a ingerir deve ser definida em função da energia gasta (quando se pretende perder peso a quantidade que se ingere deve ser inferior à energia gasta), mas nunca devem ser excluídos da alimentação», explica a dietista Marisa Costa.

- Alimentos ricos em proteínas

O ovo, o peixe e a carne, a par de gorduras boas (não saturadas), como o azeite, integram esta lista. Lembre-se, contudo, que apesar de o azeite ser uma gordura não saturada, continua a fornecer 9 calorias por cada grama ingerida, à semelhança das outras gorduras. «A gordura é o nutriente que devemos ingerir em menor quantidade, mesmo quando se trata de uma gordura não saturada», sublinha Marisa Costa.

Enxurrada de antioxidantes

A atitude mais saudável é tentar ingerir a maior variedade possível de verduras já que cada uma tem as suas qualidades específicas. Por isso, a Dieta Verde inclui opções diferentes na ementa diária para que possa desfrutar de todos os seus benefícios. É o caso do ácido fólico das couves, do licopeno do tomate, da fibra dos espargos e das acelgas, da vitamina C e do betacaroteno dos espinafres, das cenouras e do pimento vermelho.

Todas estas substâncias fazem das verduras verdadeiros remédios naturais para o organismo, o que lhes confere benefícios adicionais:

- Poder drenante e depurativo, assegurado por ingredientes como a alcachofra, os espargos e a beterraba.

- Proteção da pele, garantido com a cenoura, o pimento vermelho e os espinafres.

- Poder revitalizante, que alimentos como o tomate e as uvas proporcionam.

- Alívio de problemas respiratórios, com a ajuda do alho-francês, da cebola e do alho.

Propriedades adelgaçantes

A composição nutricional equilibrada das verduras torna-as na melhor opção para emagrecer de forma rápida e saudável. As suas propriedades adelgaçantes devem-se a vários fatores:

- Conteúdo mínimo de gorduras, que quase nunca superam os 0,8 g por cada 100 g de produto.

- Grande conteúdo de fibras hidrossolúveis, que ajuda a saciar o apetite e a acelerar o processo digestivo, reduzindo a absorção de gorduras a nível intestinal.

- Elevado conteúdo de água, que reduz ao mínimo o aporte calórico destes alimentos.

Veja na página seguinte: Truques para tirar o maior proveito das verduras

Comentários