O segredo da eterna juventude pode estar na sua despensa

Existem alimentos que podem fazer mais pela sua saúde do que, à partida, imaginaria? E sabia que o chocolate preto é um deles? Descubra os 15 ingredientes que os especialistas mais recomendam

De acordo com os dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), 5,3 milhões de mortes poderiam ser evitadas anualmente através da alimentação apenas. O segredo da eterna juventude encontra-se na nossa cozinha, entre a despensa e o frigorífico. Basta modificarmos os nossos hábitos para vivermos mais anos e em melhores condições de saúde e bem-estar. Neste artigo vamos falar-lhe de alimentos que, apesar de não evitarem a morte, prolongam a vida.

Na verdade, e segundo os especialistas da área de nutrição, é possível prevenir uma série de problemas com base numa alimentação correta e equilibrada, entre eles, o cancro, problemas de ossos e de visão, entre outros... Vegetais, fruta, peixe e até chocolate! São alguns dos alimentos que, para além de a manterem saudável, lhe dão anos de vida. Saiba, um a um, quais os 15 principais alimentos que o mantêm jovem por dentro e por fora!

1. Quivi

Originário da China, contém ácido propeolítico, que melhora a circulação e a ajuda a combater o chamado mau colesterol (LDL). Possui uma enzima chamada actidina, que ajuda a digerir as proteínas. O seu conteúdo elevado de vitamina C ajuda a prevenir constipações. A vitamina C é um antioxidante que elimina os radicais livres e desempenha um papel fundamental no combate ao envellhecimento. Contém uma quantidade considerável de fibra, potássio, ferro, fósforo, cálcio, magnésio e crómio, que têm um papel muito importante na prevenção de doenças cardíacas.

2. Abacate

Tem 10 vitaminas, entre elas, a vitamina E e o ácido fólico (B9) e glutatião, um derivado proteico com ação antioxidante, que combate a degeneração celular. Este contém 10 ácidos gordos, dos quais cinco são mono e poli-insaturados, com destaque para o ómega-9, ómega-7, ómega-6 e ómega-3, sendo este último protetor contra o cancro. Também contém sitosterol, que previne a acumulação de colesterol. Possui, para além disso, aminoácidos essenciais como a arginina, a fenilalanina e a lisina, fundamentais ao normal funcionamento do organismo.

3. Tomate

Para além de estar bem provido de vitaminas, minerais e flavonóides, contém licopeno, um dos antioxidantes mais poderosos, que lhe dá a cor vermelha e tem «um papel antioxidante activo na degenerescência celular que conduz ao envelhecimento», explica o nutricionista Tiago Osório de Barros. Este fruto, que muitos apelidam erradamente de legume, fortalece as paredes celulares, depura o organismo de substâncias tóxicas e aumenta as defesas. Previne o aparecimento de doenças do coração e dos seus vasos sanguíneos, é benéfico para a visão e melhora a saúde do sistema nervoso.

4. Presunto

O presunto protege o coração e reduz o colesterol, desde que não seja excessivamente gordo nem demasiado salgado. Os seus ácidos gordos monoinsaturados e o ácido oleico previnem as doenças cardiovasculares. Tem cerca de 40% de proteínas, pelo que pode substituir a carne nas refeições, sendo importante na formação da massa muscular. Tem ainda vitamina E, um potente antioxidante. Também é rico em cobre (essencial para os ossos e cartilagens), ferro e fósforo.

5. Brócolos

O zinco que contêm favorece a função da próstata e a qualidade do esperma. Muito ricos em luteína, reduzem ligeiramente os efeitos da degenerescência macular da idade (DMI). São ideiais para grávidas, convalescentes, pessoas anémicas, entre outras, por causa do elevado aporte de ácido fólico e ferro. Actuam como fitoestrogénios na menopausa (tal como a soja).

6. Espinafres

Têm provitamina A e vitaminas C e E, todas elas antioxidantes. São uma fonte inesgotável de vitaminas do grupo B, como folatos, B2, B6, B3 e B1, que possuem uma acção anti-envelhecimento pelo seu papel como co-factores enzimáticos. Relativamente ao seu conteúdo mineral, os espinafres são ricos em ferro, magnésio, potássio, sódio, fósforo e iodo. Para além das vitaminas, são ricos noutras substâncias antioxidantes como o glutatião, os ácidos ferúlico, o cafeico e o beta-cumárico e carotenóides.

Veja na página seguinte: Outros alimentos a ingerir diariamente

Comentários