5 atividades que os naturopatas e os nutricionistas sugerem para revitalizar corpo e mente

O agitado dia a dia que vivemos nem sempre nos deixa margem para aliviar o stresse e reduzir ansiedades. Veja o que pode fazer para contrariar esta tendência

1. Tai Chi

Trata-se de uma disciplina recomendada para pessoas que estejam a atravessar épocas de stresse, já que aumenta a concentração, a memória e o bem-estar psíquico. Também é indicado para pessoas com uma má forma física, pois incrementa a força, a flexibilidade e a coordenação. Além disso, permite aceder ao principal benefício do exercício físico a nível anímico. O aumento da produção de endorfinas ou das chamadas hormonas do bem-estar. Estudos recentes demonstraram a sua eficácia no alívio de várias doenças crónicas e na melhoria do humor.

2. Música

Está demonstrado que as vibrações sonoras favorecem a produção de endorfinas e é por isso que, quando estamos em baixo e ouvimos uma canção alegre, o nosso ânimo sobe. Este efeito psicológico da música é a base da musicoterapia. De acordo com os especialistas, nos momentos em que o ânimo está de rastos, peças como «Quatro Estações» de Vivaldi são especialmente revigorantes, enquanto que para acalmar os nervos se recomendam os cantos gregorianos ou o Concerto de Branderburgo, de Bach.

3. Rir 

«Para estar saudável é preciso rir, pelo menos, 300 vezes ao dia». Este provérbio chinês ancestral foi confirmado por um número infindável de investigações científicas que demonstraram os efeitos que o riso tem sobre a saúde. Uma gargalhada autêntica move 400 músculos, queima calorias e provoca uma revolução a nível orgânico, onde se destaca a produção de endorfinas, as hormonas do bem-estar, trazendo benefícios a nível mental, uma vez que imuniza contra a depressão e é eficaz contra a insónia.

Além disso, reduz o cortisol, uma hormona relacionada com o stress, favorece a superação dos maus momentos, evita as emoções negativas, como a raiva e a vingança e ajuda a combater os pensamentos obsessivos, facilitando aquilo que a filosofia zen denomina de vazio de pensamento (ou se ri ou se pensa, não se podem fazer as duas coisas ao mesmo tempo).

A risoterapia, uma disciplina que usa técnicas que ajudam a libertar tensões do corpo com o objetivo de provocar o riso de forma natural, conta com cada vez mais adeptos. A sua intenção é potenciar os mecanismos que predispõem o bom humor sob a premissa de que, quanto mais se exercita o riso, mais facilidade se tem em melhorar o humor. Para saber mais sobre risoterapia caseira, clique aqui.

4. Luz

A quantidade de horas de luz a que estamos expostos diariamente influencia diretamente o estado anímico. De facto, inúmeros estudos constataram que quando as horas de sol diminuem, há mais probabilidades de cair no desânimo. Para o evitar, os especialistas recomendam que se exponha à luz solar. Para isso, deve eliminar as cortinas, trabalhar perto de uma janela e por aí fora... Pode também aumentar a claridade do ambiente, decorando-o em tons de marfim, creme ou bege ou aumentar o número de luzes indiretas com lâmpadas de mesa ou de pé.

Veja na página seguinte: A ajuda que a meditação (também) pode dar

Comentários