Grávida no verão

Conselhos essenciais para ter férias sem sobressaltos

Agora que chegou o tempo de lazer e o calor, vamos ajudá-la a usufruir da gravidez.

 

Existem vários procedimentos que podem atenuar os sintomas desagradáveis e permitir vivenciar esta fase da sua vida da melhor forma, mesmo com os termómetros no auge.

 

Os sintomas da gravidez variam de acordo com cada trimestre de gestação, mas não são motivo para deixar de fazer o que sempre lhe deu prazer em tempo de férias. Além da sonolência, no primeiro trimestre, os enjoos são um dos inconvenientes mais frequentes.

 

Para os atenuar, Jorge Lima, obstetra, aconselha a realização de «pequenas refeições a intervalos frequentes». Se as náuseas forem muito incómodas, adianta o especialista, «o médico administrará fármacos antieméticos e facilitadores do esvaziamento gástrico combinados ou simples».

 

Estratégias preventivas


No verão, a obstipação e as hemorróidas também tendem a revelar-se um problema maior. Contudo, conta Jorge Lima, podem ser controladas se «se ingerir, pelo menos, dois litros de água por dia, consumir alimentos ricos em fibras e se se fizer exercício físico, como caminhadas, natação, hidroginástica, bicicleta estática e yoga». 

 

Em relação às varizes e ao inchaço, acompanhados pela sensação de pernas pesadas, é aconselhado «caminhar, assim como a elevação moderada dos membros inferiores, com o uso de meias de contenção elásticas, e o recurso a drenagem linfática manual», refere o obstetra.

 

Manchas cutâneas

 

A exposição solar excessiva agrava o envelhecimento cutâneo uma vez que, explica o especialista, «existe um aumento da pigmentação, mais evidente em certas regiões do corpo, em especial na face, auréolas mamárias, linha branca e vulva. Esta hiper pigmentação é mais frequente nas mulheres de tez morena e parece estar relacionada com o aumento de produção na gravidez da hormona estimuladora dos melanócitos».

 

A melhor forma de se defender é não apanhar sol entre as 11 e as 17 horas e usar protetor solar com fator elevado. Na praia ou na piscina, diz o obstetra, «beba muitos líquidos para se manter hidratada e faça banhos frequentes para permitir o arrefecimento corporal. O uso de sprays de água termal é uma alternativa a esta estratégia».

Comentários