O quarto ideal

Regras para decorar a divisão preferida do seu filho

É lá que os mais pequenos passam muito do seu tempo. Não descure, por isso, nada no seu espaço preferido.

No quarto das crianças, interagem atividades tão diferentes como dormir, brincar e estudar. Assim, versatilidade é a palavra-chave na hora de decorar esta divisão.

Aqui nada pode ser deixado ao acaso, desde o mobiliário ao tipo de soalho, passando pelas cores e pela luz, tudo em nome da segurança e do conforto dos seus filhos. Só dando atenção a todos os pormenores, é possível evitar acidentes e alergias no reino dos mais novos. Siga os nossos conselhos.

Organização

O quarto deve estar dividido em três áreas distintas: uma para dormir, outra para brincar e outra de estudo. O desafio é torná-lo um espaço divertido mas que, em simultâneo, consiga proporcionar momentos de maior tranquilidade, necessários ao sono reparador, e de maior concentração, imprescindíveis ao estudo. Na área de estudo, «as fontes de distração devem ser reduzidas ao mínimo», aconselha Rosa Gouveia, pediatra.

Cama

Os bebés devem dormir em berços com grades com o mínimo de 60 centímetros de altura e seis centímetros de distância entre as barras, de acordo com as normas europeias. Não há idade certa para as crianças passarem para a cama, «mas o habitual é que esta passagem se dê por volta dos dois anos», explica a pediatra.

Nessa altura, tem duas hipóteses. Ou compra uma cama de crianças mais pequena ou investe numa de solteiro que durará mais anos. Em qualquer dos casos, pode comprar proteções amovíveis e aplicá-las na fase inicial de forma a evitar quedas.

Móveis

Num quarto de bebé não é necessário muita mobília, mas à medida que as crianças crescem essa necessidade aumenta e a opinião delas também começa a contar, por isso, se está a pensar remodelar o quarto dos seus filhos, peça-lhes uma opinião antes da decisão final.

Escolha móveis simples com cantos arredondados para evitar acidentes ou proteja-os com protetores próprios, sobretudo os que estão ao nível da cabeça da criança. Coloque travões nas gavetas dos armários e fixe as estantes à parede para evitar que caiam quando as crianças lhes mexem.

Soalho

O chão deve ser em material lavável ou fácil de limpar. «A alcatifa deve ser evitada, assim como os tapetes, devido à acumulação de pó e ácaros, responsáveis pelas alergias respiratórias», alerta a pediatra.

Comentários