Queres te ENCAIXAR ou queres te DESTACAR?

Queremos ser iguais ou diferentes? Queremos "fit in" ou "stand out", encaixar ou destacar? Queremos ser aceites pelos outros ou pelo espelho?

"Se estás sempre a tentar ser normal, nunca saberás o quanto incrível podes ser." Maya Angelou

- Como é que estás?

* Está tudo bem ....

- Como andam as coisas?

* Vai-se andando ....

- Como é que te sentes?

* Mais ou menos ... já estive melhor ... melhores tempos virão ... isto passa ...

- Então está tudo bem contigo?

* Não me posso queixar pois há dramas bem piores do que o meu ...

- Como é que anda a tua vida?

* Fantástica! Tudo maravilhoso!

Estas e muitas outras respostas vagas, falsas, iludidas e escondidas são as nossas defesas para esconder o que verdadeiramente se passa a nível profundo e interior.

Solidão, rejeição, revolta, ressentimento, culpa, medo e ataques de pânico, falta de valorização pessoal ou baixo amor próprio são apenas alguns sintomas infelizmente bem presentes e comuns em muitos de nós.

No entanto, a tal imagem perfeita de que falei no último texto, que o mundo nos condiciona a cumprir não honra as nossas sombras, as nossas falhas, as nossas partes feias, as nossas emoções densas.

A tal imagem perfeita quer apenas e só, Perfeição! e em todas as áreas de vida!

Ora como é óbvio o resultado será apenas frustração e desvalorização permanente tendo em conta que estamos a lutar por um ideal que não existe desperdiçando a mesma energia que poderíamos estar a usar para honrarmos a nossa verdade e nos alinharmos com o nosso trilho.

Até que tomemos consciência deste fenómeno, estamos ainda presos na busca da perfeição e construção da imagem perfeita e não na busca do equilíbrio e no resgate da nossa verdade.

Então e como fazemos isso perguntas tu?

Como podemos começar a mudar a nossa energia?

Comentários