Tenho dificuldade em tomar decisões. Como posso inverter esta situação?

Fernando Magalhães, psicólogo clínico no Centro Clínico e Educacional da Boavista, no Porto, explica o que pode fazer para facilitar qualquer processo de tomada de decisão.

Na hora de tomar uma decisão, muitas pessoas, por indecisão, inexperiência ou qualquer outra razão, ficam com bloqueios que geram ansiedade e stresse. «As decisões estão limitadas à informação, experiência ou consciência a que a pessoa tem acesso no momento em que a decisão é tomada. A dificuldade em fazê-lo relaciona-se, muitas vezes, com a culpa, medo e perfecionismo», sublinha Fernando Magalhães, psicólogo clínico no Centro Clínico e Educacional da Boavista, no Porto.

«No entanto, todas as escolhas são imperfeitas, pois implicam aceitar algo que se perde, ganha ou abdica. A vida está recheada de erros que permitem aprender e crescer», esclarece o especialista que, no caso de escolhas mais importantes, sugere a procura de apoio especialização ou a adoção de três estratégias:

1. Escrever as vantagens e desvantagens de uma decisão para evitar um estado de confusão mental.

2. Escolher uma decisão simples de tomar e associá-la a um bom sentimento, em vez de cair na ansiedade.

3. Reconhecer que ninguém consegue prever todas as consequências de uma decisão. Falhar é parte integrante do ser humano.

artigo do parceiro:

Comentários