Tratamentos termais na infância

Se o seu filho sofre de uma doença respiratória esta pode ser a solução

Falta de ar, tosse, entupimento nasal e aumento do cansaço são alguns dos sintomas que afectam as crianças com doenças respiratórias.

Será o caso do seu filho? Pois saiba que a solução para este leque de problemas pode estar nos tratamentos termais.

Como explica Frederico Teixeira, farmacologista clínico e director clínico das Termas de Monte Real, «estas são aconselhadas nas situações em que há congestão nasal, aumento das secreções, dificuldade em respirar. Isto é, situações de fragilidade da mucosa das vias respiratórias que podem favorecer uma evolução para amigdalites de repetição, alterações rino-faríngeas constantes e, com o tempo, alterações auditivas».

Como actua

Na Primavera e no Outono / Inverno, as crianças sofrem inúmeras vezes de doenças respiratórias das vias aéreas superiores porque «têm uma fragilidade imunológica geral ou das mucosas das vias aéreas», esclarece o especialista.

O aparecimento repetitivo dessas situações, «para além das perturbações imediatas (dificuldade em respirar, dormir, tosse, febre, mal-estar) pode evoluir para casos mais graves e, nomeadamente, conduzir a deformidade da face, alterações da voz, otites de repetição com problemas da audição ou até surdez, alterações no crescimento», alerta Frederico Teixeira.

Os tratamentos termais têm, por um lado, um efeito anti-inflamatório e descongestionante (por ser uma água com elevada mineralização, sulfatada cálcica e magnesiana) e, por outro, uma acção anti-infecciosa e modificadora do terreno alérgico (dado ser uma água sulfúrea).

Comentários