Nutrientes que protegem a próstata

As substâncias alimentícias que impedem o desenvolvimento do cancro da próstata

Vários estudos apontam para uma ligação entre a alimentação e o cancro da próstata.

Especialistas do Institutocuf Diagnóstico e Tratamento, no Porto, alertam que é possível impedir o seu desenvolvimento fazendo escolhas acertadas:

Vitamina E

Os estudos demonstraram que houve uma redução de 30% dos tumores malignos num grupo de homens que consumiam este poderoso antioxidante, quando comparados com  indivíduos que não seguiam esta orientação.

Vitamina D

Alguns estudos apontam que a vitamina D, nutriente essencial sintetizado na pele sob a ação dos raios ultravioleta, inibe o crescimento de culturas de células tumorais da próstata, assim como outras substâncias presentes em alimentos como o chá verde, as uvas, o vinho tinto e em algumas especiarias, como o caril.

Licopenos

Estas substâncias derivadas da vitamina A, existentes em alimentos como o tomate e  derivados, parecem ter a capacidade de matar as células cancerosas prostáticas.

Selénio

Encontra-se em sementes, peixes e ovos, sendo essencial para o sistema imunitário. É  conhecido pelas suas atividades antioxidantes e, como tal, anticancerígenas.

artigo do parceiro:

Comentários