Nutrientes essenciais para a mulher

Os alimentos em que deve apostar para se sentir em forma

Sintomas como fadiga, falta de memória e ansiedade podem dever-se a deficiências alimentares, comuns na mulher.

Uma forma de prevenir este tipo de situações passa pela adopção de uma alimentação o mais variada possível. O facto destes sintomas surgirem pode constituir um sinal de alarme do seu organismo que indica que é necessário suprir algumas carência nutricionais.

De seguida, encontra alguns dos principais nutrientes para a saúde feminina, as suas fontes alimentares e o que pode ocorrer caso não as ingira em quantidades suficientes.

FERRO

Fontes alimentares: Carne, sobretudo vísceras, gema de ovo, peixe, espinafre, agrião, frutos secos.

Problemas que podem surgir por défice: Anemia, cansaço, falta de memória, unhas quebradiças e queda de cabelo.

PROTEÍNA

Fontes alimentares:
Carne, peixe, ovos, queijo; feijões, frutos gordos, derivados de soja.

Problemas que podem surgir por défice: Perda de massa muscular, flacidez e edema, voracidade alimentar.

CÁLCIO

Fontes alimentares:
Lacticínios (iogurte, queijo) ou substitutos (leite de soja), couve galega, amêndoas, peixes enlatados com espinhas, suplementos de cálcio com vitamina D.

Problemas que podem surgir por défice: Osteoporose, hipertensão, síndrome pré-menstrual, intolerância à lactose.

MAGNÉSIO

Fontes alimentares: Verduras, carne, feijões, cereais, frutos gordos, leite, suplemento de magnésio (e coenzima Q10, no caso de fadiga).

Problemas que podem surgir por défice: Ansiedade, irritabilidade, fadiga, síndrome pré-menstrual.


Texto: Vanda Oliveiracom Alva Seixas Martins (nutricionista)

artigo do parceiro:

Comentários