Anorexia

Os sinais de alarme e soluções para o distúrbio alimentar que afecta sobretudo o sexo feminino e pode ser fatal

A anorexia afecta principalmente mulheres jovens entre os 12 e os 18 anos. Na sua maioria são pessoas meticulosas e compulsivas, com metas muito altas de realização e de êxito pessoal.

Esta doença consiste num distúrbio alimentar que conduz à perda excessiva de peso e à fraqueza extrema por falta de alimentação. O paciente tem medo de engordar e vê o seu corpo de um modo distorcido, sentindo-se gordo quando está magro.

Causas

Não existe uma causa única para o desenvolvimento da anorexia nervosa. Esta surge de um conjunto mais ou menos complexo de factores psicológicos, sociais e culturais, havendo ainda alguns estudos que apontam para uma predisposição genética (fisiológica e mental).

Sintomas

Preocupação excessiva com a quantidade de comida ingerida (dieta muito restritiva), associada, muitas vezes, à prática intensiva de exercício físico, motivada por uma obsessão pela imagem e pelo peso.

Paralelamente, verifica-se um emagrecimento acentuado que não é reconhecido pelo doente – continua a sentir-se gordo e resiste ao tratamento. Cerca de 50 por cento dos doentes comem «normalmente» e a seguir provocam a si próprios o vómito ou tomam laxantes ou diuréticos – bulimia.

Comentários