Alergia aos ácaros

Tudo o que precisa de saber para se livrar delas. E deles!

Uma em cada quatro famílias tem, pelo menos, um elemento que é alérgico aos ácaros. Conheça as melhores formas de tornar a sua casa impermeável a estes animais de dimensões microscópicas.

Cerca de 26% dos lares têm, no mínimo, uma pessoa que sofre de alergia aos ácaros do pó.

Apesar disso, um terço dos pacientes não segue nenhum tratamento para tratar o problema.

Embora os ácaros não transmitam qualquer tipo de doença, a exposição (sobretudo através das vias respiratórias) a determinadas proteínas que existem no seu corpo e nos seus excrementos pode provocar o aparecimento de doenças alérgicas.

O que são os ácaros?

Os ácaros do pó da casa são considerados a principal causa de alergias do aparelho respiratório. São animais microscópicos que vivem no pó das casas e que podem ser encontrados em tapetes, cobertores, colchões e bonecos de pelúcia. Preferem locais húmidos e com temperaturas amenas e é no outono que mais se proliferam. Alimentam-se principalmente dos restos de pele humana, que se vão libertando do corpo por descamação e que se acumulam nas roupas da cama e colchões.

Quais os sintomas da alergia aos ácaros do pó?

A alergia aos ácaros não se caracteriza por um só sintoma, os seus efeitos podem ser variados. Nas formas mais moderadas, a pessoa pode sofrer apenas de obstrução ou corrimento nasal. Nas alergias moderadas a graves podem ocorrer outros sintomas, tais como olhos lacrimejantes, irritação cutânea, espirros e ataques de asma.

Conselhos para uma casa livre de ácaros

Os ácaros do pó encontram-se em todas as casas, mesmo as mais meticulosamente limpas. No entanto, existem medidas que permitem diminuir o número de ácaros dentro de casa:

- Chão
Opte por soalhos de madeira, facilmente laváveis, e evite alcatifas ou tapetes grossos.

- Paredes
As paredes lisas retêm menos pó e são facilmente laváveis.

Comentários