Vitaminas lipossolúveis

Pequenas aliadas que fazem muito pela sua saúde

Não existe qualquer dúvida de que nós somos verdadeiramente aquilo que comemos.

Como sabe, a comida que ingere tem um grande impacto na sua saúde e bem-estar, principalmente se se tratarem de alimentos ricos em vitaminas, indispensáveis ao bom funcionamento do seu organismo. Com a ajuda de Ana Maria Oliveira, nutricionista, descubra onde pode encontrar este tipo de vitaminas.


Vitamina A

A vitamina A existe sob duas formas principais, «a pré-formada existe apenas em alimentos de origem animal, nos alimentos de origem vegetal encontramos os carotenos ou pro-vitamina A, sobretudo nos vegetais de folha de cor escura e em frutas e legumes de cores intensas», descreve Ana Maria Oliveira, nutricionista.

Pode encontrar esta vitamina pré-formada, nomeadamente em fígado, gordura láctea e ovos ou em carotenos, como nos espinafres, nos brócolos ou ainda em frutas (melancia, kiwi, papaia e alperce são alguns exemplos).

A vitamina A é essencial para a visão, indispensável a um crescimento adequado, bem como para a diferenciação dos tecidos. A sua carência pode causar cegueira nocturna, secura do olho, pele e cabelo, atraso no crescimento, falta de apetite, perda de peso, fragilidade óssea e diminuição da resistência às infecções.

Vitamina D

Para além de «existir naturalmente em alimentos de origem animal, a vitamina D pode ainda ser sintetizada a nível cutâneo por acção dos raios ultra-violeta», explica. É imprescindível para a absorção e utilização do cálcio e do fósforo, participa na produção de insulina e favorece o bom desempenho muscular. As suas fontes naturais são os óleos de fígado de peixe, os peixes gordos, o leite e a gema de ovo.

A vitamina D é essencial ao sistema imunitário e à reprodução, promove ainda a absorção de cálcio a nível intestinal, tornando-se uma importante arma na prevenção da osteoporose. A sua carência pode origem a fragilidade dentária e perturbações neuromusculares. Nas crianças pode conduzir ao aparecimento do raquitismo e nos adultos pode contribuir para o aparecimento da osteoporose.

Comentários