Uvas

As aliadas da juventude

Para além de nutritivas, a sua riqueza antioxidante ajuda a protegê-lo do cancro, do envelhecimento e dos problemas circulatórios.

Poucas frutas tão pequenas oferecem tantos benefícios. A abundância de nutrientes desta fruta, ideal como sobremesa ou lanche para pessoas de todas as idades, fazem dela um concentrado de energia e antioxidantes capaz de parar o processo de envelhecimento e as doenças degenerativas, melhorar a saúde arterial, o nível de colesterol e evitar a progressão do cancro.

As uvas amadurecem segundo as suas variedades e zonas de cultivo mas, normalmente, apanham-se nos meses de outono e princípio do inverno, sendo geralmente setembro considerado o mês das vindimas. Alimento purificador e rico em açúcares naturais, integra na sua composição poderosos desintoxicantes muito eficazes para o fígado, para os rins e para o aparelho digestivo. Possuem, no entanto, um elevado índice glicémico.

O que lhe fornecem

Os benefícios desta fruta devem-se aos nutrientes que proporcionam:

- Fibra, contida na pele e nas pevides, que combate a prisão de ventre e regula o trânsito intestinal

- Cerca de 80% de água por cada 100 g

- O potássio é o mineral mais abundante, seguido do magnésio e do cálcio

- Os seus antioxidantes, como os flavonoides e o resveratrol, atuam contra as doenças cardiovasculares e o cancro

- Ácido fólico e vitamina B6

Alguns nutrientes variam segundo se trate de uvas brancas ou pretas. Por exemplo, os açúcares (glucose e frutose) são mais abundantes nas uvas pretas e no que toca às calorias, as uvas brancas têm cerca de 72 kcal, enquanto que as pretas têm 77 kcal (valores por 100 g).

Comentários