Os (muitos) benefícios do figo para a saúde

Laxante natural por excelência, o fruto da figueira pode ser consumido simples, fresco ou seco. Se tem problemas digestivos, saiba que o seu consumo regular estimula a digestão e não só.

Árvore originária da Ásia, a figueira prolifera muito pela região mediterrânica, inclusive em Portugal. Vitaminas, minerais, proteínas e fibras com ação laxativa são os seus princípios ativos das suas folhas e do seu fruto, o muito apreciado figo. Esta contém ainda enzimas com ação proteolítica, útil em calos, verrugas e inflamações. A figueira pode ser usada como laxante natural e ser consumida simples, como queijo de figo, como estrelas de figo ou ainda segundo outras receitas tradicionais.

O seu efeito é potenciado pela conjunção com sementes de linhaça de manhã, devendo esta combinação ser tomada em jejum e, no final, acompanhada por um copo de água quente. Além disso, o seu consumo regular estimula a digestão, devendo ser consumido entre 10 a 30 minutos antes das refeições.

Administração e precauções

A forma mais comum é comer o fruto da figueira é fresco ou seco. As sobremesas fazem parte da culinária tradicional em Portugal. Pode fazer-se chá com as suas folhas. Tenha contudo atenção, pois em algumas pessoas pode surgir uma reação alérgica na pele, muitas vezes agravada pela exposição solar.

Estudos científicos

A indicação tradicional da seiva do figo no tratamento das verrugas foi cientificamente comprovada num estudo publicado no International Journal of Dermatology em 2007, com um sucesso de 44% de eficácia. Apesar da crioterapia ter obtido 56% de curas, os autores do estudo consideraram que, por ter tido alguns efeitos adversos em 18% dos pacientes, é mais seguro utilizar o método natural.

É que, além de não ter tido relatos de efeitos adversos, o látex do figo teve um efeito mais rápido, é mais fácil e agradável de aplicar e tem uma menor taxa de recorrências que a crioterapia.

Remédios caseiros

Existem duas sobremesas que podem ser muito úteis para a prevenção e combate à obstipação:

- Queijo de figo

Moa 500 g de amêndoas com um quilo de figos secos. Numa panela, ponha uma chávena de água ao lume com 100 g de açúcar mascavado e raspas de limão. Se preferir, pode juntar 20 g de canela e/ou 20 g de chocolate preto. Junte tudo e mexa durante cinco a 10 minutos. Quando a mistura arrefecer e com a ajuda das mãos, dê-lhe a forma de um queijo. Leve ao forno durante cinco minutos.

- Estrelas de figo

Espalme dois figos secos. Corte em cinco bicos e abra, como se fossem pétalas, em forma de estrela. Coloque amêndoas sem pele (inteiras ou cortadas ao meio) nas pontas das estrelas e o segundo figo por cima a fechar. Leve ao forno para ficar ligeiramente torrado. Uma delícia!

artigo do parceiro:

Comentários