Sabe que o limão é antissético, antibacteriano, anti-alérgico e anti-cancerígeno?

São muitos os estudos científicos internacionais que enaltecem as propriedades nutritivas e terapêuticas deste citrino, uma fruta rica em vitamina C, limoneno, foliato, potássio e fibras.

Sabia que o limão tem propriedades anti-cancerígenas e ajuda a tratar as pedras nos rins? Um estudo realizado no Departamento de Urologia da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos da América (EUA), publicado no Journal of Urology, concluiu que o sumo de limão pode ser utilizado como coadjuvante da litíase renal (pedra nos rins), aumentando a eficácia do tratamento.

Por outro lado, num estudo publicado na Cancer Metastasis Review, investigadores da Universidade de Illinois, nos EUA, desta¬cam o limão como um dos alimentos mais importantes na prevenção de patologias oncológicas, além de legumes como o tomate, os frutos do bosque, o gengibre, o alho, a cebola, a chá verde, os bróculos e as couves.

6 propriedades do limão:

1. Previne gripes e constipações, atuando como estimulante do sistema imunitário e como antibiótico natural. Para potenciar este efeito, deve comer também as sementes.

2. Melhora a digestão quando consumido durante ou após as refeições, pois estimula o bom funcionamento do fígado e vesícula biliar.

3. Melhora a circulação porque fortalece os vasos sanguíneos.

4. Apesar de ser ácido, depois de ingerido, o limão exerce um efeito alcalinizante no sangue, sendo por isso utilizado no tratamento de doenças reumáticas.

5. Usado em gargarejos, melhora as dores de garganta e periodontites (inflamação grave das gengivas). Deve juntar uma colher de sobremesa de mel à agua para potenciar a sua ação.

6. Tem propriedades cicatrizantes. Como cicatrizante, embora arda, pode-se aplicar o sumo sobre um pequeno corte ou arranhão.

Princípios ativos

Rico em vitamina C (fornece entre 40 a 50 mg por 100 g de fruto), o limão contém um óleo volátil, constituído principalmente por limoneno (70%) com efeito antissético e antibacteriano. Possui ainda flavonoides (presentes principalmente no mesocarpo, a parte branca, e na casca) com propriedades anti-alérgicas e que reforçam as paredes das veias e artérias. As mucilagens são regeneradoras dos tecidos e cicatrizantes.

A dose diária a ingerir

A dose diária recomendada de consumo de limão é de um a quatro limões, podendo ser superior para pessoas mais habituadas a fazer tratamentos com limão ou que estejam a ser acompanhadas por um profissional de saúde numa dieta.

Veja na página seguinte: 2 remédios caseiros que pode fazer com limão

Comentários