Indigestão

Melhore o funcionamento intestinal com pratos leves e saudáveis

Quem é que nunca se
empanturrou de comida
até ficar completamente
cheio e com
sensação de acidez
depois de uma grande
comezaina? Ou com
a incómoda sensação
causada pelo refluxo?

A indigestão é um incómodo
transitório que
indica que o organismo
não conseguiu digerir
os alimentos adequadamente.

As refeições copiosas ou fortes,
juntamente com os alimentos irritantes,
fazem com que se produza
um excesso de ácido clorídrico, que
provoca acidez e um refluxo estomacal
persistente e incómodo.

O que comer e beber?


  • Refeições muito ligeiras e várias
    vezes ao dia. O melhor é optar por
    cocções suaves: cozidos, grelhados,
    no forno, ao vapor, em papillote...
    que são mais saudáveis e, sobretudo,
    técnicas culinárias mais ligeiras
    (sem refogados).


  • Para melhorar o estado de todo o sistema locomotor
    (ossos, músculos e articulações) convém ingerir
    alimentos ricos em cálcio, vitaminas C, D e todas as
    do grupo B, e evitar o excesso de peso.


  • As infusões de erva-cidreira,
    funcho ou hortelã aliviam os
    sintomas.


O que reduzir ou evitar?

Os alimentos ricos em gordura
(carnes, enchidos, patés, manteiga,
queijos curados...); os ácidos (limão,
vinagre, conservas...); os picantes
(molhos, pimentas...); a fruta verde
e algumas verduras cruas difíceis
de digerir (cebola, pepino...); os
fritos e panados. Também há que
evitar o café, que é irritante, e
reduzir a ingestão de refrescos com
gás, que provocam flatulência.

Um bom conselho

As infusões de diferentes
plantas são sempre bem-vindas, porque caem
bem no estômago
e ajudam a compensar
o excesso de acidez
estomacal.



Veja também os cuidados alimentares que deve seguir em caso de:



Texto: Madalena Alçada Baptista com Magda Roma (nutricionista)

artigo do parceiro:

Comentários