Febre

Mantenha uma boa hidratação com a alimentação certa

É um aviso de que
algo não está bem
no organismo, pelo
que é um sinal de um
problema que deve ser
averiguado. Para além
disso, é raro aparecer
sozinha.

Normalmente,
surge acompanhada
de outros sintomas:
arrepios, suor, náuseas,
vómitos, rubor,
diarreia ou dores de
cabeça e, inclusive,
dificuldade em urinar,
quando se trata de
problemas urinários.

Este aumento da temperatura
corporal aparece como uma
reacção do organismo a certas
anomalias, como é o caso de um
traumatismo ou um processo infeccioso,
causado por bactérias,
vírus e outros microrganismos
prejudiciais.

O que comer e beber?

  • Convém fazer várias refeições
    ligeiras (cinco ou seis) ao longo do
    dia para recuperar energia. Não se pode esquecer que a febre
    aumenta as necessidades energéticas
    do organismo. Apesar de se
    perder apetite, é necessário comer
    de forma ligeira mas equilibrada.

  • Beba muita água e sumos de
    fruta para repor a perda de líquidos
    e consequente desidratação,
    provocada pelo suor.

  • A febre costuma ser um
    sinal de que algo não
    está a funcionar bem
    no corpo. Para a baixar,
    beba muitos líquidos
    (água, sumos e sopas)
    para ficar bem hidratada.

  • Os peixes azuis, como o salmão, as sardinhas,
    o atum ou a cavala, contêm uma boa quantidade de
    ácidos gordos ómega-3, que reduzem a inflamação.

Comentários