Doces (Dieta dos)

Não renuncie aos doces e emagreça até 3 quilos numa semana

Se comer chocolates e outros doces com moderação, poderá não só não engordar como até perder algum peso.

O truque consiste em compensar esse excesso com redução de calorias e/ou exercício físico. A dietista Marisa Costa explica-lhe como.

Em primeiro lugar, deve estar atenta, para além dos seus próprios hábitos alimentares, às ocasiões em que o corpo lhe pede mais doce, bem como às alternativas que pode ter.

Estas são algumas das regras que deve seguir para manter o seu peso ou emagrecer:

- Depois de fazer exercício. Quanto mais exercício se pratica, mais açúcar o organismo requer. Procure ingerir os doces antes de fazer exercício e assim gastar as calorias em excesso. A seguir ao exercício, combata essa necessidade de doce com opções menos calóricas. Coma uma peça de fruta e duas ou três bolachas (tipo Maria ou torrada).

- Depois das refeições, opte, novamente, pela fruta. Em igual quantidade de calorias, o açúcar natural da fruta é mais bem aproveitado pelo organismo, engordando menos do que o açúcar comum.

- Quando se atravessam estados de ansiedade. Experimente comer uma maçã, que aporta 25 g de frutose, o equivalente a uma colher de sopa de açúcar e fornece, para além disso, vitaminas, minerais e fibra e facilita a digestão, o que não acontece com o açúcar. Também pode optar por um iogurte magro, já que existem actualmente inúmeras opções gulosas como o chocolate, a tarte de limão, entre outro.

- Durante a menstruação, nos dias que a antecedem e na menopausa. Se não conseguir renunciar ao açúcar, opte pela versão amarelo ou mel, porque em igualdade de calorias são menos prejudiciais do que o açúcar branco. E cuidado com as farinhas brancas, uma vez que estas têm muitos hidratos de carbono e proteínas, sendo pobres em vitaminas, minerais e fibras.

Comentários